01:29 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Buraco negro supermassivo no coração da uma galáxia espiral NGC 3147 (imagem artística)

    VÍDEO mostra buraco negro sugando tudo ao seu redor

    CC BY 4.0 / ESA/Hubble, M. Kornmesser
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    461
    Nos siga no

    Acadêmicos da Universidade de Southampton, Reino Unido, criaram um vídeo a partir de imagens feitas do buraco negro MAXI J1820+070 atraindo corpos celestes para seu interior.

    Disparando radiação enquanto seu campo gravitacional fortíssimo puxa para seu interior corpos celestes, a atividade do buraco negro MAXI J1820+070 foi mostrada em um vídeo.

    A radiação foi detectada em luz visível pela HiPERCAM no Grande Telescópio de Canárias, Espanha, enquanto que os raios X foram captados pelo observatório NICER da NASA a bordo da Estação Espacial Internacional.

    No vídeo de apenas 37 segundos, publicado no YouTube, a atividade do buraco negro é demonstrada de forma mais lenta para que seja visível ao olho humano.

    "O filme foi feito usando dados reais, mas sua velocidade foi reduzida a um décimo da real para permitir que os rojões de luz mais rápidos fossem detectados pelo olho humano", disse John Paice, criador do clipe, ao Daily Mail.

    O material ao redor do buraco negro é tão brilhante que eclipsa a estrela que está sendo sugada pelo buraco.

    Plasma quente

    Os investigadores também descobriram que a diminuição dos níveis de raios X é acompanhada por um aumento da luz visível e vice-versa.

    Isso revelaria a presença de plasma diferente, um material extremamente quente no qual os elétrons são separados dos átomos, publicou o Oxford Academic.

    Embora o fenômeno já tenha sido observado anteriormente, desta vez ele foi observado com muito detalhe.

    Mais:

    Simulação da NASA demonstra força gravitacional de buraco negro
    Teoria alternativa à de Einstein sugere que é possível escapar de buracos negros
    Chineses detectam novos sinais de rádio vindos do espaço, diz especialista
    Tags:
    radiação, astronomia, espaço, buraco negro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar