07:57 10 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    2105
    Nos siga no

    O Comitê Nobel divulgou na terça-feira (8) o primeiro Prêmio Nobel de 2019, o de Física, tendo sido atribuído a três cientistas – James Peebles, Michel Mayor e Didier Queloz.

    Urgente: o Prêmio Nobel de 2019 de Física foi atribuído a James Peebles "por descobertas teóricas na cosmologia física" (metade do prêmio) e conjuntamente a Michel Mayor e Didier Queloz "pelo descobrimento de um exoplaneta orbitando uma estrela do tipo do Sol" (outra metade)

    A cerimônia de entrega de prêmios será realizada em Estocolmo, capital de Suécia, no dia 10 de dezembro, no dia em que se assinala a morte do cientista sueco do século XIX Alfred Nobel.

    O prêmio de 2019 equivale a US$ 918.000 (R$ 3,73 milhões).

    Os vencedores deste ano do Nobel de Física Michel Mayor e Didier Queloz exploraram nossa galáxia, a Via Láctea, buscando por mundos desconhecidos. Em 1995, eles fizeram a primeira descoberta de um planeta fora de nosso Sistema Solar, um exoplaneta, orbitando uma estrela do tipo do Sol, a 51 Pegasi.

    A descoberta feita pelos vencedores do Prêmio Nobel de 2019 Michel Mayor e Didier Queloz iniciou uma revolução na astronomia, tendo sido encontrados mais de 4.000 exoplanetas na Via Láctea. Novos mundos estranhos ainda estão sendo descobertos, com uma riqueza incrível de tamanhos, formas e órbitas.

    Mais:

    Vapor de água é detectado em exoplaneta potencialmente habitável
    Primeira negra a ganhar Nobel de Literatura, Toni Morrison morre aos 88 anos
    Anunciados ganhadores do Nobel de Fisiologia ou Medicina: Kaelin, Ratcliffe e Semenza
    Tags:
    Estocolmo, cientistas, Física, Prêmio Nobel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar