21:05 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Ganhadores do Nobel de Fisiologia ou Medicina 2019, cientistas William Kaelin, Peter Ratcliffe e Gregg Semenza, 7 de outubro de 2019

    Anunciados ganhadores do Nobel de Fisiologia ou Medicina: Kaelin, Ratcliffe e Semenza

    © AFP 2019 / Jonathan Nackstrand
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    3182
    Nos siga no

    O Comitê Nobel divulgou nesta segunda-feira (7) o primeiro Prêmio Nobel de 2019, para a área de Fisiologia ou Medicina, tendo sido atribuído a três pesquisadores – dois norte-americanos e um britânico.

    Os cientistas William Kaelin, Peter Ratcliffe e Gregg Semenza ganharam o Nobel de Fisiologia ou Medicina 2019 "pelas suas descobertas de como as células sentem e se adaptam à disponibilidade de oxigênio".

    "A Assembleia Nobel do Instituto Karolinska [Suécia] decidiu hoje atribuir o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 2019 conjuntamente a William Kaelin, Peter Ratcliffe e Gregg Semenza pelas suas descobertas de como as células percebem o oxigênio e se adaptam a ele", disse o professor Thomas Perlmann, secretário do Comitê Nobel sueco, durante transmissão no site da instituição.

    ​Urgente: o Prêmio Nobel da Fisiologia ou Medicina de 2019 foi atribuído conjuntamente a William G. Kaelin Jr., Peter J. Ratcliffe e Gregg L. Semenza "pelas suas descobertas de como as células sentem e se adaptam à disponibilidade de oxigênio"

    Este é o 110º Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina concedido desde 1901.

    De 1901 a 2018, um total de 216 pesquisadores, incluindo 12 mulheres, ganharam o Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina.

    O prêmio do ano passado foi atribuído ao cientista americano James Allison e ao cientista japonês Tasuku Honjo pelo desenvolvimento de uma terapia anticâncer baseada na inibição da regulação negativa da resposta imunológica.

    Mais:

    Trump diz que premiê japonês o indicou ao Prêmio Nobel da Paz
    Prêmio Nobel da Paz é concedido a Denis Mukwege e Nadia Murad
    Primeira negra a ganhar Nobel de Literatura, Toni Morrison morre aos 88 anos
    Tags:
    medicina, cientistas, Prêmio Nobel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar