17:47 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Escavações (imagem referencial)

    Arqueólogos encontram 'iPhone' de 2.100 anos na 'Atlântida russa' (FOTOS, VÍDEO)

    © Fotolia / Sebastian Corneanu
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    13678
    Nos siga no

    Arqueólogos russos descobriram um estranho objeto retangular preto, muito parecido com o famoso celular da Apple, em um túmulo de mais de dois milênios no leste da Sibéria.

    O estranho objeto foi achado ao lado do esqueleto de uma mulher em uma tumba na área de escavação de Ala-Tey, que se localiza na República de Tuva (Rússia) – local também chamado de "Atlântida russa", por ficar coberta por água a maior parte do ano.

    O grupo de pesquisadores apelidou a mulher do popular nome russo de Natasha, enquanto seu acessório foi chamado de "iPhone", relata The Siberian Times.

    O "dispositivo" tem aproximadamente o mesmo tamanho que o telefone popular da Apple e até tem buracos na parte superior e inferior, assim como o famoso smartphone.

    ​Bem, na verdade pensamos que se parece mais com um Samsung do que com um iPhone. Arqueólogo admirado com a fivela de cinto parecida com iPhone de 2.100 anos de idade desenterrada de uma sepultura da "Atlântida", na República de Tuva. Mulher antiga, da era Xiongnu, levou um acessório elegante para a vida após a morte

    O vídeo foi gravado por Pavel Leus, um dos arqueólogos envolvidos nas escavações, cujas expedições ao cemitério Wing-Tey vem sendo feitas há anos.

    "O túmulo de 'Natasha' com um 'iPhone' da era Xiongnu ainda é um dos mais interessantes neste cemitério", disse Leus.

    Trata-se, no entanto, de uma fivela de cinto de 2.100 anos com 18 por 9 centímetros de tamanho. A antiga peça é incrustada com pedras turquesa, cornalina e madrepérola, e é decorada com moedas chinesas Wu Zhu.

    Estas moedas ajudaram os cientistas a datar o objeto em 2.137 anos, ano em que foram cunhadas.

    O arqueólogo informou que a descoberta foi feita em 2016, mas só agora decidiram torná-la pública.

    Mais:

    Arqueólogos descobrem no Equador peças de cerâmica de cultura desconhecida
    Arqueólogos encontram o mais antigo DNA de vikings em... 'chiclete' (FOTO)
    'Sensação arqueológica': ruínas descobertas de antigo império revelam achados únicos (Fotos)
    Tags:
    Sibéria, arqueólogos, Apple, iPhone
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar