00:40 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Imagem artística de exoplaneta extremamente quente

    Sonda da NASA coleta pela 1ª vez dados das condições da superfície de exoplaneta (VÍDEO)

    © flickr.com / NASA/ Blueshift
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1121
    Nos siga no

    Telescópio Espacial Spitzer da NASA coleta pela primeira vez informações sobre condições da superfície de um exoplaneta que orbita uma estrela.

    De acordo com os recentes dados obtidos pelo telescópio Spitzer, a superfície deste exoplaneta se assemelha com a da Lua ou de Mercúrio. Provavelmente o planeta rochoso tem pouca ou nenhuma atmosfera e poderá estar coberto pela mesma matéria vulcânica arrefecida encontrada nas zonas escuras da superfície do nosso satélite.

    O exoplaneta designado por LHS 3844b foi descoberto em 2018 pelo satélite de pesquisa TESS, se localiza a 48,6 anos-luz do nosso planeta e é 1,3 vezes maior do que a Terra.

    O planeta orbita uma anã-branca do tipo M, uma estrela pequena e fria. O satélite TESS da NASA conseguiu detectar a luz da superfície do planeta, algo bastante difícil devido ao brilho da estrela-mãe que ofusca o planeta, relata tabloide britânico Express.

    As informações obtidas revelam que o exoplaneta faz uma volta completa em torno da estrela-mãe em 11 horas, sugerindo que um dos lados do planeta está constantemente voltado para a estrela, com uma temperatura de cerca de 770 graus Celsius.

    Sendo bastante quente, o LHS 3844b irradia grande quantidade da luz infravermelha e a estrela, apesar de ser mais quente que o referido planeta, é relativamente fria. Sendo assim, é possível fazer observações durante o dia com a ajuda do telescópio infravermelho da NASA.

    Mais:

    NASA encontra 1° mundo do tamanho do nosso e 'potencialmente habitável'
    Peculiar exoplaneta com 3 sóis vermelhos é descoberto perto do Sistema Solar
    Tags:
    estrela anã, Sol, Terra, exoplaneta
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar