09:47 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Buraco negro

    Buraco negro estaria ficando 'descontrolado' no centro da nossa galáxia

    © AFP 2019 / EUROPEAN SOUTHERN OBSERVATORY - M. KORNMESSER
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    4171
    Nos siga no

    O buraco negro supermassivo, conhecido como Sagittarius A*, localizado no coração da Via Láctea e geralmente calmo, emitiu um sinal de luz misterioso.

    O Sagittarius A* não é um núcleo ativo, que lança luz e calor no espaço ao redor. Ele tem uma atividade baixa e flutuações mínimas em seu brilho, conforme o portal Science Alert.

    ​Timelapse de imagens registradas por 2,5 horas no Observatório Keck do buraco negro supermassivo Sagittarius A*. O buraco negro é sempre variável, mas esse foi o mais brilhante que já vi em um infravermelho distante. Talvez fosse ainda mais brilhante antes de iniciarmos a observação naquela noite!

    Entretanto, astrônomos registraram o momento em que o Sagittarius A* brilhou 75 vezes mais forte do que o normal, sendo o pico mais brilhante já visto no buraco negro supermassivo em comprimentos de onda próxima ao infravermelho.

    "O buraco negro ficou tão brilhante que o confundi com a estrela S0-2, pois nunca havia visto o Sagittarius A* tão brilhante daquela maneira. Nos próximos quadros, porém, era claro que a fonte era variável e tinha que ser o buraco negro", afirmou Tuan Do, pesquisador da Universidade da Califórnia em Los Angeles.

    Atualmente, astrônomos estão focados em descobrir o que teria causado o misterioso sinal, que foi captado durante as observações do Observatório WM Keck, no Havaí.

    Buraco negro supermassivo no coração da uma galáxia espiral NGC 3147 (imagem artística)
    Buraco negro supermassivo no coração da uma galáxia espiral NGC 3147 (imagem artística)

    Há uma especulação de que o misterioso fenômeno esteja ligado à estrela S0-2, que está em uma longa órbita elíptica de 16 anos em torno de Sagittarius A*, e que se aproximou mais, chegando a 17 horas-luz do buraco negro, no ano passado.

    "Uma das possibilidades é que a estrela S0-2 mudou a forma como o gás flui para o buraco negro, e assim mais gás está caindo sobre ele, tornando-o mais variável", afirmou Do sobre a passagem próxima da estrela.

    A equipe de Do trabalha para coletar dados em uma ampla faixa de comprimentos de onda, sendo assim, outras observações ocorrerão nas próximas semanas, antes que o centro da galáxia não seja mais visível de noite da Terra.

    Mais:

    Buracos negros poderiam sustentar vida extraterrestre através de forte radiação
    NASA descobre misterioso buraco negro que desafia teoria de Einstein (FOTO)
    Raios X abrem caminho para calcular velocidade espetacular de buracos negros – Vídeo, Foto
    Tags:
    cientistas, astrônomo, Via Láctea, estrelas, espaço, buraco negro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar