14:39 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Sonda InSight da NASA tirou sua própria fotografia em Marte

    Sonda da NASA detecta em Marte dezenas de possíveis sismos

    © NASA. NASA/JPL-Caltech
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 51
    Nos siga no

    Sismólogo da equipe InSight da NASA observou que a descoberta permite fazer "uma descrição detalhada daquilo que é o interior de Marte".

    O cientista também expressou a vontade de instalar sensores em cada corpo celeste no Sistema Solar.

    Desde a sua aterrissagem em Marte em novembro de 2018, a sonda da NASA InSight tem detectado vários potenciais fenômenos sísmicos, disponibilizando aos investigadores dados valiosos sobre o funcionamento interno do planeta, relata o Business Insider.

    Fotografia tirada pela câmara instalada na sonda InSight da NASA.

    "Nós partimos do princípio que a crosta de Marte é parecida com a terrestre. O fato de os terramotos marcianos, em forma de onda, se assemelharem à dos terremotos na Lua nos dá uma ideia da estrutura interna da sua crosta. Até agora, só podíamos analisá-la a partir do exterior", disse o sismólogo Simon Stahler em comunicado à imprensa em abril.

    Outro membro da equipe da NASA, Mark Panning, notou evidentes semelhanças entre os terremotos que ocorrem em Marte e os que acontecem na Lua, destacando que o número de abalos examinados pelos investigadores continua sendo pequeno demais "para desvendar os segredos do Planeta Vermelho", mas que isso permite à equipe entender realmente o quão Marte é ativo".

    Ferramenta de investigação da sonda InSight em movimento.

    "Depois poderemos começar a fazer descrições detalhadas de como é o interior marciano, disse Panning, acrescentando que há agora um jogo de espera. Vamos escutar mais um ano e meio, e esperamos descobrir muito mais coisas ainda".

    O cientista também salientou que gostaria de instalar sensores sísmicos em "todos os corpos planetários que tremem", argumentando que, uma vez que "a sismologia na Terra é quase inteiramente construída sobre redes de dados", uma abordagem semelhante em outros corpos celestes será útil.

    Mais:

    NASA explica por que americanos ainda não voltaram à Lua nem pousaram em Marte
    Encontrada maneira surpreendente de tornar Marte habitável
    Tags:
    investigação, Lua, sismologia, Marte, sonda espacial
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar