07:19 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Google

    Google admite escutar conversas particulares de usuários

    © AP Photo / Ng Han Guan
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    447
    Nos siga no

    A empresa norte-americana Google admitiu que os "especialistas em línguas" contratados pela empresa escutam aproximadamente 0,2% das gravações de voz.

    As gravações de voz realizadas pelos usuários do assistente virtual são alegadamente escutadas para melhorar a qualidade do serviço.

    David Monsees, responsável de produto da Google, afirmou que as conversas escutadas "não são associadas às contas de usuário como parte do processo de revisão, e os revisores são orientados a não transcrever as conversas em segundo plano ou outros ruídos, mas sim, apenas transcrever fragmentos de código direcionados à Google".

    Segundo o representante da Google, aos especialistas em línguas são enviadas "aproximadamente uma de cada 5.000 gravações".

    "Estamos realizando uma revisão completa das nossas medidas de segurança para evitar que condutas negativas como esta ocorram novamente", ressaltou Monsees à VRT NWS belga.

    Espionagem da Google

    A mídia belga conseguiu acessar mais de mil gravações de usuários holandeses. De acordo com uma suposta fonte na Google, os funcionários da empresa norte-americana escutam os arquivos de voz dos usuários através dos alto-falantes inteligentes do Google Home para "compreender as particularidades e pronúncias de cada idioma específico".

    Pessoas perto do escritório do Google, Nova York
    Pessoas perto do escritório do Google, Nova York

    Além disso, a mídia identificou nomes e direções postais e contatou com algumas das "vítimas" da Google.

    "Um casal de Waasmunster reconheceu imediatamente a voz de seu filho e seu neto", informou a VRT NWS.

    Aproximadamente 153 dos arquivos analisados tiveram escutadas conversas "que nunca deveriam ter sido gravadas e durante as quais claramente não foi pronunciado o comando 'Ok Google'", tais como conversas particulares de famílias e casais ou até arquivos com conteúdo violento, além de informações profissionais confidenciais.

    Mais:

    Reunião com Putin? Melhor perguntar ao Google
    Empresas como Facebook, Google e Amazon devem pagar um imposto adicional?
    Google Maps capta objeto incomum em região 'abandonada' da Flórida
    Tags:
    roubo, conversa, espionagem, tecnologia, Google
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar