05:17 20 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Um dos troféus dos vikings que decora o parque temático localizado no povoado de Perevalny, na CrimeiaRestos mortais de um homem

    Descoberta sensacional: barco funerário da Era Viking é desenterrado na Suécia (FOTOS)

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova © Foto : The Archaeologists, National Historical Museums / Arkeologerna, Shm
    1 / 2
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    180

    Um dos homens, mais provavelmente um guerreiro da classe alta ou até mesmo um governante, foi enterrado com seu cavalo e seu cachorro.

    Aparentemente, o guerreiro teria morrido na sequência de um ferimento horrível no crânio.

    Dois barcos funerários da era dos vikings foram encontrados perto do povoado de Gamla Uppsala, que é um dos mais importantes sítios antigos de pagãos e vikings na Suécia.

    Descoberta muito valiosa

    "Esta é uma escavação única, o último barco funerário tinha sido analisado 50 anos atrás", disse Anton Seiler, arqueólogo dos Museus Nacionais de História (SHMM), à emissora nacional SVT, descrevendo a descoberta como "sensacional".

    O grande motivo de alegria é que as descobertas de barcos funerários intactos são bastante raras e muito afastadas no tempo. Segundo os investigadores, até à data na Suécia tinham sido feitos cerca de 10 achados deste tipo. A última descoberta foi feita em 1973, quase meio século atrás.

    Osteólogo Ola Magnell desenterra os esqueletos de cavalo e cachorro
    © Foto : The Archaeologists, National Historical Museums / Arkeologerna, Shm
    Osteólogo Ola Magnell desenterra os esqueletos de cavalo e cachorro

    Os barcos funerários, que eram usados como túmulos onde as pessoas depois de morrerem eram colocadas, só eram utilizados para sepultar pessoas da classe alta de guerreiros nobres e não para pessoas comuns.

    "Apenas indivíduos muito importantes eram enterrados desta maneira. Pode-se presumir que eles eram os membros mais destacados da sociedade contemporânea, sendo que em geral os barcos funerários são muito raros", disse Seiler.

    O homem encontrado em um destes túmulos foi colocado na sepultura com uma grande variedade de objetos, tais como armas, escudos e um pente. Entretanto, no local foram também encontrados restos de animais, incluindo um cavalo e um cachorro. Os animais, que obviamente pertenciam ao homem, tinham sido colocados na proa do barco, sendo que a pessoa em causa foi enterrada na popa do mesmo barco.

    Osteóloga Caroline Arcini, examina as ossadas do homem
    © Foto : The Archaeologists, National Historical Museums / Arkeologerna, Shm
    Osteóloga Caroline Arcini, examina as ossadas do homem

    O crânio do indivíduo encontrado tem um grande buraco na cabeça, porém o resto do corpo aparentemente não possui ferimentos.

    Arqueólogos sentiram entusiasmo misturado com choque

    "Ele foi morto. Estou convencida que o ferimento [na cabeça] foi causado pelo golpe de uma espada. Entretanto, o que me espanta é que não ainda não conseguimos encontrar a parte do crânio que falta", disse a osteóloga Caroline Arcini.

    Segundo uma das hipóteses, o homem teria conseguido surpreendentemente sobreviver ao ferimento horrível. Mas, de acordo com Arcini, o ferimento terá sido a causa mais provável da morte.

    Посмотреть эту публикацию в Instagram

    Публикация от Arkeologerna (@arkeologerna)

    Atualmente, a equipe de arqueólogos está analisando e interpretando os resultados da descoberta a fim de esclarecer melhor as coisas. "Teremos continuação", assegurou Arcini.

    No total, na Europa foram encontrados até agora somente 7 túmulos de barcos da Era Viking dos anos 800-1050 d.C, três deles na região norueguesa de Vestfold.

    Mais:

    Espada viking do século IX é achada na Turquia (FOTO)
    Armaduras, fogo e canto: assim vikings celebram festival anual na Escócia
    Tags:
    Suécia, arqueólogos, restos mortais, barco, vikings
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar