23:21 24 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    O cargueiro KC-390 da Embraer

    Embraer apresenta novo cargueiro KC-390 na Feira de Paris

    © Foto: Tereza Sobreira/ Ministério da Defesa/ Fotos Públicas
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    680

    A empresa brasileira participa do Paris Air Show, o salão aeronáutico mais expressivo do mundo, pela primeira vez depois de concluir transação com a Boeing.

    Entre outros modelos, a Embraer apresenta em Paris o seu cargueiro KC-390, a maior aeronave já fabricada no Brasil. O exemplar exibido é o primeiro de uma série de 28 aviões encomendados pela FAB, numa compra estimada em R$ 7,2 bilhões, informou Agência Brasil.

    "A produção está em dia. Na linha de montagem, já temos até o FAB número 7, em diferentes estágios", explicou Valter Pinto Junior, vice-presidente dos programas de Defesa e Segurança da Embraer.

    "Nesse ano, teremos mais uma para ser entregue além dessa, e o contrato são 28 aeronaves até 2026. A forma e a cadência que iremos entregar por ano é uma informação confidencial do governo brasileiro, que envolve questões estratégicas de como ele está se emparelhando".

    Os KC-390 poderão transportar cargas e veículos militares, como um tanque médio, levar até 80 soldados ou 66 paraquedistas, realizar operações humanitárias ou de salvamento, além de poder abastecer caças no ar, informou a empresa em seu release da empresa que comemora nesta quarta-feira seus 50 anos.

    ​"O produto levantou a barra e trouxe um novo patamar para a indústria, não só para a Força Aérea Brasileira (FAB), mas também para todo o mercado. É um produto que trouxe tecnologias que, para essa categoria, você não encontra", acrescentou Pinto Junior.

    Segundo a Agência Brasil, a área de defesa não foi incluída na joint venture com a Boeing, à exceção justamente do KC-390.

    "As discussões continuam em andamento e a transação ainda não aconteceu. Ela está na fase de planejamento, sujeita à aprovação de órgãos reguladores e esperamos que acontecerá no final do ano. Até lá, não existe nenhum trabalho em conjunto das duas empresas", concluiu Pinto Junior.

    Mais:

    Embraer e Amazon criam sistema para nova família de jatos
    BNDES financia exportação de aviões da Embraer para os EUA
    Caça da Embraer seria 1° supersônico do Brasil
    Tags:
    Paris, cargueiro, aeronaves, Embraer
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar