15:29 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    YouTube

    YouTube promete banir canais que reproduzam discurso de ódio

    CC BY-SA 2.0 / Esther Vargas / Youtube
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    224
    Nos siga no

    A plataforma de compartilhamento de vídeos mais acessada da internet anunciou nesta quarta-feira (05) planos para se livrar de milhares de vídeos e canais que promovam discurso de ódio, disse a empresa.

    "Hoje, estamos dando outro passo em nossa política de discurso de ódio proibindo especificamente os vídeos alegando que um grupo é superior para justificar discriminação, segregação ou exclusão com base em qualidades como idade, sexo, raça, casta, religião, orientação sexual", disse o YouTube.

    A empresa enfatizou que era sua "responsabilidade proteger isso e impedir que nossa plataforma fosse usada para incitar o ódio, o assédio, a discriminação e a violência".

    A empresa acrescentou que os canais que enviam conteúdo odioso, mas não violam as regras da plataforma na maioria de seus vídeos, podem receber avisos do YouTube, caso haja reincidência, o canal seria proibido

    Isso acontece depois que, em março, outro gigante da tecnologia, o Facebook, anunciou a proibição do "elogio, apoio e representação do nacionalismo branco e do separatismo branco". De acordo com o Facebook, esses conceitos estão "profundamente ligados a grupos de ódio organizados e não têm lugar" em seus serviços.

    Mais:

    Facebook pretende lançar criptomoeda, diz mídia
    Youtuber da lista de sugestão de Bolsonaro diz que 'Stalin recebeu 2 vezes Nobel da Paz'
    YouTube desativará comentários em todos os vídeos com crianças
    Youtuber é condenado a prisão por dar biscoito recheado com pasta de dente a morador de rua
    Tags:
    vídeos, crime de ódio, Youtube
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar