16:39 18 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Logotipo do WhatsApp no monitor do smartphone e computador, 25 de março de 2017

    Como se proteger? WhatsApp detecta vulnerabilidade que dá acesso a hackers israelenses

    © Sputnik / Natalia Seliverstova
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    441

    Uma vulnerabilidade no aplicativo de mensagem instantânea WhatsApp permitiu que hackers instalassem spyware em alguns celulares e acessassem os dados contidos nos aparelhos, informou o Financial Times.

    O WhatsApp, um aplicativo usado por 1,5 bilhão de pessoas em todo o mundo, descobriu no início de maio que hackers poderiam ter instalado malware em seus telefones iPhone e Android através de chamadas pelo aplicativo.

    A empresa confirmou a informação em comunicado à imprensa, pedindo aos usuários que "atualizem o aplicativo em sua versão mais recente" e mantenham durante o dia seu sistema operativo como medida de "proteção".

    O malware, desenvolvido pelo Grupo NSO israelense, poderia ter sido transmitido mesmo que os usuários não atendessem a chamada via aplicativo ou que as ligações fossem posteriormente perdidas do histórico de chamadas, segundo um distribuidor de spyware, citado pela mídia.

    O aplicativo de mensagens ainda está na fase inicial da investigação para estimar quantos telefones foram atingidos, mas assegurou que as vítimas foram "especificamente" escolhidas.

    "O Grupo NSO vende seus produtos a governos que são conhecidos por violações ultrajantes dos direitos humanos, dando-lhes as ferramentas para rastrear ativistas e críticos. O ataque à Anistia Internacional foi a gota d'água", disse Danna Ingleton, vice-diretora da Anistia Internacional, que prestou testemunho de apoio.

    De acordo com uma fonte familiarizada, o WhatsApp logo após tomar conhecimento dos ataques relatou o problema para organizações de direitos humanos, empresas de segurança cibernética e o Departamento de Justiça dos EUA.

    Mais:

    Medo de perder algo querido? Saiba como enviar chats do WhatsApp para outras plataformas
    Instagram, Facebook, WhatsApp teriam parado de funcionar na Europa
    Print nunca mais? WhatsApp pode trazer novidade que desagradaria muita gente
    Tags:
    celular, malware, israelenses, hackers, vulnerabilidade, WhatsApp
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar