10:42 10 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Asteroide se aproximando da Terra (imagem ilustrativa)

    Rastreadores da NASA: asteroide gigantesco passa 'de raspão' pela Terra a 43 mil km/h

    © CC0
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    8174
    Nos siga no

    O novo Objeto Próximo à Terra (NEO), conhecido como HS2, chegou bem pertinho da Terra, pelo menos falando em termos astronômicos.

    O corpo celestial passou em uma trajetória "próxima da Terra", chegando mais perto do nosso planeta por volta das 2h30 GMT no sábado (sexta-feira às 23h30 em Brasília).

    De acordo com os rastreadores de asteroides da NASA no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da Califórnia, o corpo celeste, designado pela agência espacial americana de 2019 HS2, percorre o espaço a quase 27.000 mp/h (43.450 km/h) e passou a uma distância muito próxima da Terra.

    A classificação NEO significa que a trajetória do asteroide cruza a órbita da Terra no seu percurso em torno do Sol a uma distância inferior a 194,5 milhões de km.

    A NASA explicou anteriormente que os NEO podem de fato aproximar-se o suficiente da Terra, embora uma passagem "próxima" em termos astronômicos seja consideravelmente diferente do que os humanos entendem por ela.

    O asteroide HS2 se aproximou da Terra a uma distância aproximada de 0,01310 unidades astronômicas (UA), ou seja, a 1,96 milhões de km – o equivalente a cinco vezes a distância da Terra à Lua.

    Estima-se que o corpo meça aproximadamente de 13 a 30 metros de diâmetro, com o limite superior comparável em tamanho a três ônibus de dois andares , segundo o Express.

    Apesar de os objetos com cerca de 10 metros de diâmetro tenderem a ser esmagados em explosões térmicas nas camadas atmosféricas superiores da Terra, indica a NASA, parte deles "são conhecidos por causar danos de tempos em tempos".

    Mais:

    NASA pode enviar sonda a asteroide mais valioso do Sistema Solar
    Asteroide de mais de 900 mil toneladas passou próximo do nosso planeta hoje
    Sonda japonesa cria 1ª cratera artificial da história no asteroide Ryugu (FOTOS)
    Tags:
    NASA, Terra, asteroide
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar