09:04 09 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    3130
    Nos siga no

    Há países da OTAN demostrando interesse em adquirir motores de mísseis espaciais, afirmou o chefe da Corporação Estatal de Atividades Espaciais da Rússia (Roscosmos), Dmitry Rogozin, a repórteres.

    "Agora há outros governos — exceto os EUA, inclusive países da OTAN, interessados em adquirir motores de mísseis da Rússia", disse.

    Rogozin observou que a Rússia não procura romper os laços com países ocidentais e apoia a ideia de manter cooperação internacional no espaço, que, segundo ele, é um elemento essencial da diplomacia.

    Para Rogozin, trata-se de um "ótimo indicador de que, no contexto de sanções e pressão, a Rússia continua exportando produtos de alta tecnologia, e na área de motores de mísseis, continua sendo líder global", acrescentou o chefe da Roscosmos.

    O chefe da Corporação Estatal de Atividades Espaciais da Rússia (Roscosmos) ressaltou que isso é valioso para a Rússia, pois traz benefícios ao país e que o rendimento dessas exportações é usado para novos desenvolvimentos no setor espacial.

    Mais:

    Em direção à Lua, Roscosmos fará pedido de US$ 22,6 bilhões ao governo da Rússia
    'Pequena guerra' à vista? Chefe da Roscosmos explica para que precisa de 10 caças
    Rússia terá base permanente na Lua, revela chefe da Roscosmos
    Tags:
    liderança global, motores, espaço, OTAN, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar