14:53 18 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    496
    Nos siga no

    O telescópio Hubble gravou as imagens de uma rocha espacial que está, literalmente, se desfazendo. Segundo os especialistas da NASA, tal desenvolvimento da situação torna o destino dele muito imprevisível.

    Em janeiro, o asteroide que foi descoberto há décadas estava se transformando em cometa. Os pesquisadores supuseram que poderia estar desenvolvendo uma cauda. Com o tempo, esse corpo celeste, que tem 4 km de largura, foi denominado 6478 Gault. Entretanto, a rocha começou a se partir e já não se sabe o que a espera no futuro.

    Asteroide Gault 6478 com cauda gravado pelo telescópio espacial Hubble
    Asteroide Gault 6478 com cauda gravado pelo telescópio espacial Hubble

    Em novembro do ano passado, os astrônomos que o observavam notaram alguma mudança nele. No entanto, só no início deste ano perceberam que o corpo celeste tinha uma cauda de poeira semelhante a um cometa e que se estendia por mais de 400.000 quilômetros.

    "Este evento de autodestruição é raro", afirmou Olivier Hainaut, coautor do comunicado divulgado pelo Observatório Europeu do Sul.

    "Asteroides ativos e instáveis, como o Gault, só agora estão sendo detectados por meio de novos telescópios que examinam todo o céu", explicou.

    Os investigadores revelam que há cerca de 800 mil asteroides conhecidos no cinturão de Marte. No entanto, tal fenômeno acontece apenas uma vez por ano. O estado frágil é normalmente causado pela radiação eletromagnética do Sol que afeta pequenos objetos como os asteroides de maneira que eles giram cada vez mais rápido e se tornam cada vez mais instáveis.

    Segundo asseguram os astrônomos da agência espacial norte-americana, a cauda começará a desaparecer nos próximos meses, quando a poeira se dispersar no espaço. Mas isso não acontecerá se o Gault 6478 continuar se destruindo.

    Mais:

    NASA poderia estudar 3º maior asteroide do Sistema Solar
    Asteroide Ryugu possui minerais com vestígios de água
    Cientistas da NASA estão perplexos com misteriosas ejeções no 'asteroide do Apocalipse'
    Tags:
    cauda, telescópio, cometa, asteroide, destruição, espaço, Hubble, NASA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar