01:11 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Nuvens azuis de Júpiter observadas da sonda da NASA, 24 de outubro de 2017

    Sonda da NASA registra Júpiter 'dramático' (FOTO)

    © NASA. NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Gerald Eichstädt/ Seán Doran
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 101
    Nos siga no

    A sonda espacial Juno da NASA fotografou "caraterísticas atmosféricas dramáticas" do hemisfério norte de Júpiter, informa a NASA no seu site.

    A foto é de 12 de fevereiro, e foi tirada enquanto a sonda realizava o seu 18º voo ao redor do gigante gasoso. A NASA publicou a foto mais tarde.

    Desta vez, a captura da atmosfera de Júpiter mostra uma caraterística circular dentro de uma região de corrente em fluxo de jato chamado Jet N6, rodeada por nuvens turbulentas.

    A sonda estava a 13.000 quilômetros do topo das nuvens do planeta, a 55º de latitude ao norte.

    A imagem, de cor aperfeiçoada, foi girada a uns 100º à direita e foi criada com a ajuda do cientista Kevin M. Gill, que utilizou dados do gerador de imagens da câmera JunoCam da sonda espacial, explicou a NASA.

    A sonda Juno foi lançada em 2011. Cinco anos depois, a sonda se posicionou em uma órbita estável em torno de Júpiter. O aparelho se aproxima do planeta gasoso a cada 53 dias.

    As missões da sonda são muito variadas, mas seu objetivo principal é saber mais sobre a atmosfera, o núcleo e os campos magnéticos e gravitacionais de Júpiter. Até agora, Juno tem tirado fotos dos polos de Júpiter, registrando fenômenos estranhos, tais como a formação de nuvens e auroras polares no planeta gasoso.

    Mais:

    Sonda japonesa já está no asteroide Ryugu para desvendar origem do Sistema Solar (FOTOS)
    Programa espacial da NASA busca vida alienígena no 2º maior satélite do Sistema Solar
    Sonda chinesa Chang'e 4 e rover lunar 'adormecem' no lado oculto da Lua
    Sonda da NASA instala 1º instrumento que estudará núcleo do Planeta Vermelho
    Tags:
    atmosfera, nuvens, sonda espacial, foto, Juno, NASA, Espaço, Júpiter
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar