08:40 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Disco de Lua no céu de Moscou, 10 de agosto de 2015 (imagem de arquivo)

    Israel lança 1ª nave espacial para explorar a Lua

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    531

    A primeira nave espacial israelense foi lançada da base de Cabo Canaveral, Flórida (EUA), em direção à Lua na noite de quinta-feira (21) às 03h45 do horário de Israel (22h45 no horário de Brasília).

    Denominada de Beresheet (que significa "Gênesis" em hebraico), será a menor e mais barata nave espacial que já desembarcou na Lua e colocará Israel entre as três superpotências que fizeram aterrissagens lunares de vários tipos: EUA, Rússia e China.

    A sonda, que foi construída com capital privado pela empresa sem fins lucrativos SpaceIL em cooperação com a Israel Aeronautics Industries, será lançada por um foguete Falcon 9, da Space X.

    Com um valor estimado em US$ 100 milhões (R$ 380 milhões), é considerada a nave mais barata em comparação com os bilhões gastos em missões lunares anteriores. Além disso, ela mede 1,5 metro de altura por 2 metros de largura, pesa um total de 600 quilos e pode atingir a velocidade de 10 quilômetros por segundo.

    ​8 horas para ir!Quem está sentindo a excitação?  

    Em uma conferência de imprensa nesta semana, o presidente da SpaceIL, Morris Kahn, disse que a Beresheet foi apresentada como uma homenagem ao presidente israelense Reuven Rivlin, declarando-a projeto nacional.

    "Estamos nesta viagem há oito anos, que será completada em dois meses com a aterrissagem na Lua. Estamos fazendo história e temos orgulho de fazer parte de um grupo que sonhou e realizou o sonho que muitos países tiveram, mas apenas três realizaram", disse Kahn.

    O principal objetivo da missão é medir o campo magnético da Lua, além de estar programada para viajar 6,5 milhões de quilômetros e realizar órbitas elípicas em torno da Terra por cerca de dois meses. Dez dias antes do pouso, a Baresheet fará uma manobra para entrar na órbita lunar, devendo o pouso acontecer no dia 11 de abril. 

    ​A hora é agora; estamos prontos; vamos para a Lua  

    A nave espacial, que foi colocada em um satélite de comunicações indiano, separou-se do foguete Falcon após 32 minutos. Como planejado, as hastes de pouso da nave foram abertas e seguidas por uma série de testes dos sistemas da nave para verificar se estavam funcionando corretamente no espaço.

    Vista distante do Planeta Nove (imagem referencial)
    © NASA . Caltech/R. Hurt (IPAC/NASA)
    Aproximadamente uma hora após o lançamento, a Beresheet entrou na sua primeira órbita terrestre. Seu caminho até a Lua inclui órbitas elípticas cada vez maiores ao redor da Terra, durante as quais a nave espacial usa a força gravitacional do nosso planeta para aumentar sua velocidade.

    O projeto SpaceIL começou como uma iniciativa de três jovens, Yariv Bash, Kfir Damari e Yehonatan Weintraub, que em 2010 se inscreveram no concurso lunar XPRIZE da Google. A competição terminou em março do ano passado sem um vencedor, mas a SpaceIL anunciou que iria continuar com seus planos. Com a ajuda de doadores privados e o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Espaço de Israel, o trio realizou seu sonho com o recém-lançamento da espaçonave.

    Mais:

    Sonda chinesa Chang'e 4 e rover lunar 'adormecem' no lado oculto da Lua
    Sonda japonesa se prepara para bombardeio de asteroide impenetrável
    Sonda chinesa sobrevive a 190 graus negativos na 1ª noite lunar no lado oculto da Lua
    Descoberta nova aplicação da sonda Curiosity depois de 6 anos de missão em Marte
    Tags:
    sonda espacial, nave espacial, exploração, Falcon 9, Lua, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar