07:29 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Pinguins-de-adélia no Antártico. Estação McMurdo. 25 de fevereiro, 2011 (imagem referencial)

    'Fim do mundo': geólogos descobrem 'lugar mais remoto do oceano'

    © flickr.com / Eli Duke
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1122

    O estudo foi feito por uma equipe de pesquisadores que analisou a composição isotópica das rochas do leito marinho numa das regiões mais remotas do oceano Antártico.

    Publicados na revista Nature Geoscience, os resultados surpreenderam até os próprios autores da pesquisa, pois revelaram que a área em questão representa um domínio do manto da Terra até estão desconhecido.

    O território do estudo tem aproximadamente 2 mil quilômetros quadrados e representa "a dorsal oceânica mais remota dos oceanos do mundo", disse o geólogo Ken Sims, da Universidade de Wyoming (EUA).

    Com o uso de medições isotópicas, os cientistas determinaram que as amostras de rocha coletadas no local são completamente diferentes das encontradas nos domínios do manto do Pacífico e do Índico.

    Através dos dados obtidos, é possível concluir que o local representa um novo domínio do manto terrestre, que eles chamaram de "domínio do manto de Zelândia-Antártida". Entretanto, os limites dessa formação ainda são desconhecidos.

    O local parece ter sido formado separadamente, como consequência de alguma ruptura geológica e da atividade vulcânica posterior, que causou a desintegração do antigo bloco continental de Gondwana, segundo os pesquisadores.

    Mais:

    NASA descobre 2ª enorme cratera sob gelo da Groenlândia (VÍDEO)
    Telescópio Hubble descobre por acaso nova galáxia perto da Via Láctea (FOTO)
    Sonda da NASA descobre novo exoplaneta 3 vezes maior que a Terra
    Especialistas descobrem como se forma gás que pode causar explosões no fundo do Ártico
    Tags:
    geologia, mais distante, Oceano Atlântico, oceanos, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar