13:10 23 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Halo lunar

    Grande anel é flagrado em torno da Lua (FOTOS)

    CC BY 2.0 / Paul Williams / Halo lunar
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    260

    Evento atmosférico surge em torno da Lua, proporcionando um incrível fenômeno ótico, mas qual seria o motivo do surgimento de um anel ao redor do satélite natural da Terra?

    Recentemente, a Lua está proporcionando fenômenos e espetáculos, um deles se refere ao surgimento de um anel em seu torno, que foi observado por diversas pessoas em diferentes partes do mundo.

    ​Halo lunar flagrado no céu de Budapeste.

    O fenômeno incomum atmosférico é conhecido como halo, um grande anel que surge ao redor da Lua.

    Halo lunar na Hungria.

    O evento atmosférico ocorre devido às pequenas partículas de gelo hexagonais suspensas nas nuvens altas, refletindo a luz e provocando um espectro de cores ao redor do satélite. O halo também é conhecido como arco-íris, podendo surgir tanto ao redor da Lua quanto do Sol.

    ​Anel gigante do halo lunar, em Belfast, Irlanda do Norte.

    Nos halos lunares é possível observar um anel de cor branca ou pálida, juntamente com a cor vermelha em seu interior, além disso, há a cor azul na parte externa, mesmo que algumas vezes ela não seja visível à noite.

    Para o fenômeno ocorrer, dependerá da forma particular e da posição dos cristais nas nuvens. Geralmente, o halo ocorre a baixas temperaturas.

    Na madrugada de 21 de janeiro ocorreu um eclipse total lunar raríssimo, também conhecido como "Superlua de sangue de lobo", quando o satélite, na sua fase de Lua cheia, fica completamente envolto em um manto vermelho, completando a série de fenômenos incríveis proporcionados pela Lua.

    Mais:

    'Bola de tênis na Lua vista da Terra': eis tamanho do buraco negro no centro da Via Láctea
    Estudo: pode haver ETs vivendo em lua de Júpiter
    Sonda espacial Juno capta FOTOS de coluna vulcânica em lua de Júpiter
    Tags:
    anel, halo, fenômeno, atmosfera, satélite, Lua
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar