23:11 09 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Cometa 21P gravado no momento exato de sua aproximação máxima do Sol nos últimos 72 anos (imagem referencial)

    Cometa mais brilhante de 2018 passa próximo da Terra e NASA capta suas FOTOS

    © Foto / Greg Ruppel/ESA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    532
    Nos siga no

    Enquanto o cometa mais brilhante de 2018, o 46P/Wirtanen, atravessava o céu a 11 milhões de quilômetros da Terra, o Telescópio Espacial Hubble captava suas imagens.

    O telescópio da NASA registrou o brilho da coma do cometa, uma parte que geralmente não é visível da Terra, que é a denominação da nuvem de poeira que o objeto celeste expele quando passa perto do Sol.

    Através das imagens, será possível estudar como os gases são liberados do núcleo, do que o gelo do cometa é composto e como o gás na coma é quimicamente alterado pela luz solar e pela radiação solar.

    O telescópio SOFIA também captou o cometa quando voava a uma altitude de 12 mil quilômetros.

    A pesquisa deste corpo celeste ajudará a investigar a origem e a história da água no Sistema Solar, incluindo os oceanos da Terra.

    Telescópio espacial Hubble capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 13 de dezembro de 2018
    © NASA . NASA, ESA, D. Bodewits (Universidade de Auburn) e J.-Y. Li (Instituto de Ciências Planetárias)
    Telescópio espacial Hubble capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 13 de dezembro de 2018

    Apesar de o cometa estar se afastando, a NASA afirma que ainda é possível vê-lo da Terra com a ajuda de binóculos ou de telescópios. O objeto está localizado no momento perto da constelação de Touro.

    Telescópio SOFIA capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 17 de dezembro de 2018
    © NASA . NASA/SOFIA
    Telescópio SOFIA capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 17 de dezembro de 2018

    Segundo a NASA, o cometa 46P/Wirtanen orbita em torno do Sol a cada 5,4 anos, o que o torna ainda mais digno de nota.

    Mais:

    NASA pode vir a enviar 'toupeira nuclear' para buscar vida em satélite de Júpiter
    Aparelho da NASA é 'apanhado' em Marte por outra sonda espacial (FOTOS)
    Mais perto do que nunca: NASA mostra 1ª FOTO da atmosfera do Sol
    NASA: degelo da Antártida terá consequências desastrosas para o planeta inteiro (FOTO)
    Tags:
    corpo celeste, astro, telescópio, hubble, cometa, NASA, Sistema Solar, Terra, Espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar