23:54 23 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    532
    Nos siga no

    Enquanto o cometa mais brilhante de 2018, o 46P/Wirtanen, atravessava o céu a 11 milhões de quilômetros da Terra, o Telescópio Espacial Hubble captava suas imagens.

    O telescópio da NASA registrou o brilho da coma do cometa, uma parte que geralmente não é visível da Terra, que é a denominação da nuvem de poeira que o objeto celeste expele quando passa perto do Sol.

    Através das imagens, será possível estudar como os gases são liberados do núcleo, do que o gelo do cometa é composto e como o gás na coma é quimicamente alterado pela luz solar e pela radiação solar.

    O telescópio SOFIA também captou o cometa quando voava a uma altitude de 12 mil quilômetros.

    A pesquisa deste corpo celeste ajudará a investigar a origem e a história da água no Sistema Solar, incluindo os oceanos da Terra.

    Telescópio espacial Hubble capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 13 de dezembro de 2018
    © NASA . NASA, ESA, D. Bodewits (Universidade de Auburn) e J.-Y. Li (Instituto de Ciências Planetárias)
    Telescópio espacial Hubble capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 13 de dezembro de 2018

    Apesar de o cometa estar se afastando, a NASA afirma que ainda é possível vê-lo da Terra com a ajuda de binóculos ou de telescópios. O objeto está localizado no momento perto da constelação de Touro.

    Telescópio SOFIA capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 17 de dezembro de 2018
    © NASA . NASA/SOFIA
    Telescópio SOFIA capturou a imagem do cometa 46P/Wirtanen, em 17 de dezembro de 2018

    Segundo a NASA, o cometa 46P/Wirtanen orbita em torno do Sol a cada 5,4 anos, o que o torna ainda mais digno de nota.

    Mais:

    NASA pode vir a enviar 'toupeira nuclear' para buscar vida em satélite de Júpiter
    Aparelho da NASA é 'apanhado' em Marte por outra sonda espacial (FOTOS)
    Mais perto do que nunca: NASA mostra 1ª FOTO da atmosfera do Sol
    NASA: degelo da Antártida terá consequências desastrosas para o planeta inteiro (FOTO)
    Tags:
    corpo celeste, astro, telescópio, hubble, cometa, NASA, Sistema Solar, Terra, Espaço
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar