18:13 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bonecas sexuais

    'Sextorção': robôs sexuais poderiam ser usados para hackear usuários

    © AFP 2019 / STR
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    210
    Nos siga no

    Nada impede de hackers se aproveitarem de bonecas sexuais para lucrar ilegalmente com a crescente indústria dos sexbots.

    Os invasores cibernéticos seriam capazes de acessar e posteriormente usar os dados pessoais sobre os relacionamentos de indivíduos com seus robôs sexuais, já que a tecnologia por trás deles só avança, disse Tim Mackey ao The Sun, especialista técnico da empresa de software Synopsys.

    Para Mackey, o problema reside no fato da "segurança não acompanhar o ritmo" do avanço da tecnologia por trás das bonecas sexuais.

    "A atividade com o robô pode ser roubada por hackers, assim como a atividade com certas marcas de brinquedos sexuais inteligentes já foi comprometida antes", observou o técnico.

    O especialista em TI ainda acrescenta que o "perfil de relacionamento" pode ser explorado para chantagear criminosos cibernéticos que ameaçam postar jogos de sexo violento on-line, a menos que um grande resgate seja pago.

    Mackey acredita que os sexbots terão em breve muito mais equipamentos avançados que acabarão por facilitar a invasão, já que as técnicas para hacker já estão cada vez mais em uso.

    Para evitar ser alvo de possíveis esquemas de sextorção, o especialista aconselha sempre redefinir a senha, assim como mudar as credenciais.

    Anteriormente, outros especialistas haviam alertado sobre possíveis ataques de robôs sexuais a humanos, caso os hackers invadissem o sistema das bonecas. Segundo um acadêmico da Universidade Deakin (Austrália), citado pela Fox News, os hackers podem ter controle total das conexões, braços, pernas e "ferramentas anexadas, como em alguns casos, facas ou dispositivos de solda".

    A indústria de robôs sexuais está agora crescendo a um ritmo incrível, em grande parte devido aos esforços das empresas chinesas e americanas de sexbot. Recentemente, as fabricantes anunciaram que desejam criar um robô capaz de ter sensações reais.

    Mais:

    Sem permissão, sem bonecas sexuais: Houston impede abertura do 1º bordel de robôs nos EUA
    'É pecado': bonecas sexuais são criticadas por nigerianas e banidas na Zâmbia
    'Alcançarei sucesso com Fé': empresário envolve bonecas sexuais em seu negócio
    Chineses criam bonecas sexuais inteligentes para resolver problemas demográficos (FOTOS)
    Tags:
    sexo, software, invasão, tecnologia, robôs sexuais, bonecas infláveis, hackers
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar