06:34 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Esqueleto (imagem referencial)

    Esqueleto de 500 anos calçando botas é encontrado em Londres (FOTOS)

    CC0 / Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    150

    Em Londres, durante a construção de uma rede de esgoto de 25 quilômetros no rio Tâmisa, foi descoberto um esqueleto de aproximadamente 500 anos de idade calçado com botas, publicou o Daily Mail.

    O esqueleto, que foi encontrado no bairro londrino de Bermondsey, pertence a um homem com cerca de 35 anos. Este estava de bruços com um dos braços dobrado sobre a cabeça, dando a impressão que ele pode ter caído ou ter sido empurrado da margem do rio, segundo os pesquisadores.

    Além disso, os cientistas observaram os detalhes das botas de couro, que datam do final do século XV ou início do século XVI, referindo que o material usado no calçado era caro, o que torna ainda mais improvável que o homem tenha sido propositadamente enterrado com elas. Foi especificado que as botas, com solas adicionais, teriam servido para atravessar a lama do rio, além de estarem cheias de um material não identificado, possivelmente musgo, para torná-las mais quentes.

    A pesquisadora Beth Richardson, do Museu de Arqueologia de Londres (MOLA), explicou que o estudo permitiu descobrir mais detalhes sobre como o homem "poderia ter morrido" e sobre suas "perigosas e difíceis condições de vida".

    Esqueleto com botas de cana alto foi descoberto por arqueólogos no rio Tâmisa, em Bermondsey, Londres (Reino Unido)
    Esqueleto com botas de cana alto foi descoberto por arqueólogos no rio Tâmisa, em Bermondsey, Londres (Reino Unido)

    Através de análises, foi possível obter mais informações sobre a saúde do homem, que evidenciava ter osteoartrite e sulcos profundos nos dentes.

    Segundo a osteologista Niamh Carty, o homem poderia sofrer com dores diárias e possivelmente tinha uma vida ativa.

    Esqueleto com botas foi descoberto por arqueólogos que trabalhavam em um dos locais usados para construir uma rede de esgoto no rio Tâmisa, em Bermondsey, Londres (Reino Unido)
    Esqueleto com botas foi descoberto por arqueólogos que trabalhavam em um dos locais usados para construir uma rede de esgoto no rio Tâmisa, em Bermondsey, Londres (Reino Unido)

    "O exame de seus dentes nos deu pistas sobre sua infância e as marcas em seu esqueleto nos permitiram ter ideia sobre a dor e o desconforto que ele pode ter sofrido diariamente", concluiu.

    Mais:

    Dinossauro de pescoço longo mais antigo do mundo é achado 'sem querer' no Brasil (FOTOS)
    Esqueleto de mamute é achado com tecido mole na Rússia
    Tiranossauro recém-nascido achado nos EUA pode revolucionar ciência
    Esqueleto de enigmático 'monstro marinho' surge em praia da Nova Zelândia (FOTOS)
    Tags:
    arqueologia, antiguidade, descoberta, sapatos, calçado, esqueleto, Tâmisa, Reino Unido, Londres
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik