04:44 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Afresco de Leda encontrado nas ruínas de Pompeia, Itália

    'Explícita e sensual': achado afresco da bela Leda seduzida por cisne em Pompeia (FOTOS)

    CC BY 3.0 / Ministero per i beni e le attività culturali / LEDA e il CIGNO
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    340

    O retrato sensual e explícito de Leda, rainha de Esparta da mitologia grega, com o corpo parcialmente coberto por um tecido dourado sendo seduzida por Zeus, em forma de cisne, foi descoberto no pequeno dormitório nas ruínas de Pompeia, Itália, informou a agência italiana ANSA.

    É uma representação "única e interessante" do mito grego, declarou o diretor do parque arqueológico de Pompeia, Massimo Osanna, na segunda-feira (20).

    Trata-se de um afresco único devido à "iconografia particular que é tão explícita e sensual", acrescentou, destacando que imagem como esta nunca foi vista na antiga cidade romana, embora a mitologia grega fosse muito conhecida na região na época.

    Afresco de Leda encontrado nas ruínas de Pompeia, Itália
    Afresco de Leda encontrado nas ruínas de Pompeia, Itália
    "Leda olha para o espectador com uma sensualidade que é absolutamente pronunciada", ressaltou Massimo Osanna, segundo a agência.

    Arqueólogos e restauradores, que estão limpando e restabelecendo o afresco, assinalam que é "de altíssima qualidade" e que suas cores intensas foram preservadas magnificamente desde a erupção do Vesúvio, que acabou com Pompeia há 2.000 anos.

    Durante a restauração dentro da mesma casa, foi encontrado no trimestre passado um afresco do deus grego da fertilidade, Priapo, pesando sua genitália, indicou Osanna.

    Enquanto Priapo decorava o vestíbulo de entrada da casa, o retrato de Leda se encontrava no pequeno dormitório atrás do grande salão. Toda a residência luxuosa estava cheia de elementos decorativos de alto impacto. 

    Afresco de Leda encontrado nas ruínas de Pompeia, Itália
    Afresco de Leda encontrado nas ruínas de Pompeia, Itália

    Segundo Osanna, seu dono provavelmente foi um "comerciante rico, possivelmente, um antigo escravo que estava ansioso por elevar seu status social através de referências a mitos culturais de alto nível".

    Atualmente, técnicos estão avaliando a possibilidade de mover os afrescos para outro lugar no intuito de preservá-los e exibi-los ao público.

    Mais:

    Encontrado retrato completamente diferente de Jesus de 1.500 anos (FOTOS)
    Arqueólogos bolivianos encontram tumbas coletivas de mais de 500 anos (FOTOS)
    Encontrada mulher grávida em tumba que viveu há 3 mil anos no Egito
    2º exército de guerreiros de terracota é encontrado na China (FOTO)
    Tags:
    sensual, arqueólogos, mitologia grega, retrato, ruínas, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik