13:27 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Orion-E – é o primeiro drone russo capaz de lançar ataques aéreos

    Inteligência artificial vai contribuir com US$ 16 trilhões para o PIB global até 2030

    © Sputnik / Aleksei Filippov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 41

    A contribuição da inteligência artificial (IA) para o Produto Interno Bruto (PIB) global aumentará 16 vezes nos próximos 12 anos, de acordo com o chefe do maior banco da Rússia, o Sberbank Herman Gref.

    "A expansão da inteligência artificial nos próximos anos provavelmente só aumentará. Segundo previsões de várias empresas, se hoje a IA contribui com US$ 1 trilhão para o PIB global. Segundo previsões de empresas de consultoria, esse número aumentará 16 vezes nos próximos 12 anos, até 2030", afirmou.

    O número de especialistas em demanda na área também aumentará significativamente, ele acrescentou, explicando que em 10 anos a necessidade chegará a 10 milhões de pessoas.

    Um estudo recente do Instituto McKinsey Global sugeriu que a IA poderia impulsionar o crescimento anual do PIB em 1,2% pelo menos até a próxima década. Cerca de 70% das empresas do mundo adotarão pelo menos uma forma de IA até 2030, de acordo com o modelo de simulação do instituto. A McKinsey disse que o impacto da IA poderia ser comparável ao crescimento trazido pela máquina a vapor.

    Um relatório da firma de contabilidade PwC sugeriu anteriormente que a IA e as tecnologias relacionadas gerarão tantos empregos quanto se desloquem nos próximos 20 anos. A pesquisa, que se concentrou principalmente no Reino Unido, descobriu que, embora a IA possa deslocar cerca de 7 milhões de empregos no país, ela também pode criar 7,2 milhões de papéis, resultando em um modesto aumento líquido de cerca de 200.000 empregos.

    Também estimou que cerca de 20% dos empregos seriam automatizados nos próximos 20 anos e nenhum setor não seria afetado.

    Tecnologias como a robótica, os drones e os veículos sem motorista substituiriam os trabalhadores humanos em algumas áreas, mas também criariam muitos empregos adicionais à medida que a produtividade e a renda real aumentassem e novos e melhores produtos fossem desenvolvidos.

    Mais:

    Kalashnikov apresenta inteligência artificial capaz de 'aprender' em combate (VÍDEO)
    Forças Armadas russas desbravam cada vez mais oportunidades da inteligência artificial
    China está desenvolvendo submarinos 'gigantes' com inteligência artificial, diz mídia
    Tags:
    drone, robótica, PIB, tecnologia, inteligência artificial, PwC, McKinsey, Sberbank Herman Gref, Mundo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik