23:22 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Caverna de gelo (imagem ilustrativa)

    Gelo estranho cresce com rapidez extrema e traz perigo mortal para vida alienígena

    CC0 / Pixabay/StockSnap
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 100

    Uma nova pesquisa, publicada na revista Physical Review Letters, sugere que forma exótica de água, conhecida como Gelo VII, pode crescer a velocidades superiores a 1600 km/h em condições atmosféricas encontradas em mundos onde existem oceanos.

    As fases do gelo diferenciam de acordo com a forma dos átomos em seus cristais. Cada aumento em número (I, II etc.) de gelo corresponde ao aumento na pressão necessária para formar essa fase.

    O Gelo VII ficou conhecido em março, quando foi descoberto preso dentro de diamantes que se formavam a mais de 600 quilômetros debaixo da superfície terrestre. Foi a primeira vez que esse tipo de gelo foi visto fora de um laboratório.

    Especialistas do Laboratório Nacional Lawrence Livermore (LLNL), nos EUA, demonstraram como a água se transforma em Gelo VII, processo conhecido como "nucleação", o que ajuda a explicar como se forma esta fase exótica de gelo em planetas oceânicos.

    Em suas simulações, os físicos descobriram que o Gelo VII é formado inicialmente em grupos de 100 moléculas antes de se espalhar rapidamente pela amostra.

    O Gelo VII e nascimento da vida

    Supõe-se que este novo estudo ajude os exobiólogos que buscam vida em planetas distantes, que são cobertos por água, escreve o jornal Physics Central. Embora a água seja a base necessária para a vida na concepção humana, em alguns casos extremos os fenômenos astrofísicos podem levar a um cenário em que a maior parte dos oceanos de um planeta se converte em Gelo VII e, assim, impedir o surgimento de vida.

    "A água nesses mundos oceânicos, que são bombardeados por outros corpos planetários, como meteoros ou cometas, sofre intensas mudanças pelas quais a vida não consegue sobreviver", afirmou Jonathan Belof, físico da LLNL.

    "A onda de choque lançada por explosões desses eventos em escala planetária pode comprimir a água a uma pressão de mais de 10 mil vezes em comparação com a superfície da Terra e fazer com que a água se transforme no Gelo VII", concluiu.

    Mais:

    VÍDEO mostra matéria a ponto de ser 'devorada' por buraco negro massivo
    NASA perde sonda espacial no Cinturão de Asteroides
    Sonda da NASA se aproxima de Marte para mapear seu interior
    Terra pode estar sendo ameaçada pela chegada de estrela intergaláctica
    Tags:
    planetas, gelo, alienígenas, vida extraterrestre, perigo, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik