10:15 16 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Radar (imagem referencial)

    'Sinais extraterrestres': o que ou quem está enviando rajadas de rádio para humanidade?

    CC0 / Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    6111

    Cientistas australianos estão perto de responder de onde originam os estranhos sinais de rádio extraterrestres detectados há alguns dias. E a conclusão deles pode deixar qualquer um boquiaberto.

    Uma pesquisa feita por cientistas australianos da Universidade de Tecnologia de Swinburne revelou que uma das 19 rajadas rápidas de rádio (FRB, na sua sigla em inglês), cuja detecção foi anunciada na semana passada, vem de um local do espaço mais perto da Terra como nunca antes.

    De acordo com pesquisadores, a fonte da explosão estaria a menos de 100 milhões de anos-luz de nós, o que em termos astronômicos seria bastante próximo do nosso planeta. Há grandes chances de FRB 171020 provir da galáxia ESO 601-G036, localizada a 120 milhões de anos-luz da Terra.

    Vale destacar que suas características, ou seja, tamanho, abundância de oxigênio, velocidade de formação de estrelas etc., são semelhantes às da galáxia Auriga, na qual uma FRB também foi identificada com precisão. No entanto, Auriga se encontra a 2,4 bilhões de anos-luz, estando ela quase vinte vezes mais longe.

    Para revelar o enigma desses sinais estanhos, especialistas ao redor do mundo estão realizando suas próprias investigações.

    Por exemplo, a equipe de Elizabeth Mahony do Instituto Nacional de Ciências da Austrália, está focando os telescópios na ESO 601-G03 esperando esclarecer de que parte da galáxia esses sinais enigmáticos provêm.

    "Então poderemos ser capazes de resolver o mistério das causas dessas rápidas explosões de rádio", disse Mahony à revista New Scientist.

    Até o momento, as FRB foram captadas com pouca frequência, tornando ainda mais difícil de nos aprofundarmos sobre sua origem.

    Alguns cientistas estão analisando a hipótese da natureza alienígena desse fenômeno espacial. Em particular, os pesquisadores Manasvi Lingam e Avi Loeb, do Centro Smithsonian de Astrofísica da Universidade de Harvard, sugerem que as FRB poderiam ser sinais de rádio usados como balizas por alienígenas.

    Ao mesmo tempo, o especialista russo Vladimir Surdin, da Faculdade de Física da Universidade Estatal de Moscou, oferece uma teoria semelhante:

    "A natureza das FRB é desconhecida e não ainda claro é se são de origem inteligente ou natural. Apesar de terem a procedência natural, trata-se de um fenômeno novo na natureza, porque antes não as registramos. No entanto, não excluo que seja uma manifestação de uma civilização ", afirmou ele à Rebublic.

    A primeira vez que astrônomos começaram a falar sobre a existência de misteriosas manifestações de emissões de rádio foi em 2007, quando acidentalmente observaram pulsos de rádio usando o observatório de telescópio de rádio Parkes. Desde então, o fenômeno é um dos principais enigmas astrofísicos.

    Mais:

    Revelada chance de vida extraterrestre se espalhar facilmente por toda a Via Láctea
    NASA dá novo passo para encontrar vida extraterrestre (FOTO)
    Astrofísicos registraram misterioso sinal extraterrestre sem precedentes
    Tags:
    rádio, telescópio, vida extraterrestre, sinais, Terra, Austrália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik