18:54 18 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Universo (imagem referencial)

    Cientistas calculam quanto tempo resta para nosso Universo

    CC BY 2.0 / Centro de Voos Espaciais Goddard da NASA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    550

    Cientistas da Universidade de Tóquio e do Observatório Astronômico Nacional do Japão chegaram à conclusão de que o Universo não entrará em colapso dentro de 140 bilhões de anos, relata o jornal Asahi Shimbun.

    O prazo foi calculado como parte de uma análise abrangente dos efeitos da chamada energia escura, amplamente considerada, juntamente com a matéria escura, catalisadora para a expansão e destruição subsequente do Universo.

    Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores observaram cerca de 10 milhões de galáxias ao longo de um ano usando a câmera de alta resolução Hyper Suprime-Cam, desenvolvida para o telescópio Subaru, situado no estado norte-americano do Havaí.

    A análise dos dados determinou que o tempo restante para a autodestruição do Universo é 10 vezes a idade atual. Isso se deve ao fato de ter sido identificada uma taxa de aumento da energia escura menor do que a relatada anteriormente.

    "Esperamos estudar muito mais galáxias e descobrir o que acontecerá quando o Universo acabar", disse Chiaki Hikage, pesquisador da Universidade de Tóquio e líder do estudo publicado no portal científico arXiv.org.

    Mais:

    Astrônomos encontram estranha estrela de nêutrons que contraria as leis da física
    Bactéria que vive em organismo humano pode produzir eletricidade, afirmam cientistas
    Exoplaneta cria grandes expectativas e cientistas acreditam que ele seja habitável
    Tags:
    telescópio, cálculo, prazo, destruição, estudo, Universo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik