04:28 31 Março 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    8100
    Nos siga no

    A Rússia irá propor um novo projeto de estação espacial próximo da Lua, reporta a agência espacial Roscosmos.

    "Poderá ser uma estação russa ou internacional, esse é um assunto a tratar nas negociações", disse Dmitry Rogozin, diretor da Roscosmos, em reunião com jovens especialistas do setor. 

    Ele não descartou a participação dos EUA no novo projeto. Além disso, é possível que a estação seja criada em parceria com os países parceiros do BRICS. 

    Segundo o diretor da corporação, durante a preparação para o lançamento da nova tripulação da Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês), previsto para o dia 11 de outubro, ele terá conversações em Baikonur com o administrador da NASA Jim Bridenstine e debaterá a visão russa de cooperação na órbita da Lua. 

    Anteriormente, Rogozin observou que a Rússia não pode se dar ao luxo de participar do programa de uma estação próxima da Lua com os EUA nos moldes em que o projeto existe hoje. 

    Projeto Gateway

    Em setembro do ano passado, a Roscosmos e a NASA assinaram um memorando de cooperação para a criação de uma estação internacional na órbita da Lua, denominada mais tarde The Gateway.

    Supõe-se que o primeiro módulo – Módulo de Propulsão de Potência – será lançado em 2022. E, em 2023, o módulo de armazenamento de combustível ESPRIT e o módulo americano U.S.Utilization, um pequeno espaço pressurizado que permite a entrada de uma equipe na primeira missão de montagem da Gateway. 

    Está em planejamento também o lançamento de um módulo de logística e um braço manipulador para transportar cargas ao longo da superfície da estação. Os módulos residenciais internacionais e norte-americanos devem ser adicionados de 2024 a 2025.

    Foi proposto à Rússia a construção de um compartimento para a saída dos cosmonautas para a superfície da estação. No entanto, segundo a fonte disse à Sputnik, esse papel não satisfez o lado russo — o compartimento deveria ser construído de acordo com os padrões técnicos norte-americanos, nomeadamente com as medidas dos escafandros estadunidenses.

    Mais:

    China lança estação espacial Tiangong em 2022 e poderá receber astronautas estrangeiros
    Google Earth localiza 'estrutura' misteriosa na Lua (VÍDEO)
    Cientistas confirmam: tem água na Lua
    Tags:
    projeto, estação espacial, NASA, Estação Espacial Internacional, Roscosmos, BRICS, Jim Bridenstine, Dmitry Rogozin, Lua, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar