16:35 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Estrela e um planeta (imagem ilustrativa)

    'Caçador de planetas' encontra impressionante 'Terra quente' no espaço

    CC BY 2.0 / NASA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    163

    Em uma "campanha" impressionante, o satélite da NASA destinado à busca de planetas parecidos com a Terra fora do Sistema Solar detectou o segundo corpo celeste desse tipo em dois dias, chamando a atenção dos cientistas.

    "Segundo planeta candidato foi detectado! É um pouco maior que a Terra, este planeta faz uma rotação em torno da LHS 3844, uma anã vermelha da classe M à distância de 49 anos-luz daqui, a cada 11 horas", informa um comunicado publicado na conta oficial no Twitter dedicada ao funcionamento do respectivo satélite.

    ​O novo corpo celeste já foi batizado pelos especialistas de "Terra quente".

    Vale ressaltar que a mensagem sobre a detecção do primeiro planeta chegou em 19 de setembro. Ele foi chamado de "super-Terra" e circula em torno da estrela Pi Mensae, na constelação de Mensa, à distância de 60 anos-luz da Terra. De acordo com a agência NASA, a massa e o raio do planeta demonstram uma densidade correspondente à da água, o que pode significar uma possível presença de gás e água lá.

    O satélite que achou ambos os planetas foi lançado em abril de 2018 e é oficialmente chamado de TESS, enquanto informalmente o apelidam de "caçador de planetas". Os pesquisadores da NASA esperam que seu funcionamento seja "um novo passo na busca de planetas fora do Sistema Solar, os chamados exoplanetas".

    Estima-se que esse aparelho "escaneie" o espaço por dois anos. Embora ele não esteja buscando vida em outros planetas, os dados por ele coletados provavelmente ajudarão os cientistas a encontrar planetas onde ela poderia existir.

    Mais:

    Revelado mistério do planeta gelado no Sistema Solar
    Plutão é novamente um planeta? Cientistas sugerem que sim
    Surgem novas evidências sobre possível 9º planeta escondido atrás de Netuno
    Tags:
    satélite, planeta, NASA, Terra, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik