22:21 24 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Animação de uma explosão de raio gama feita pela NASA

    Reversão de tempo ou efeito espelho? Cientistas tentam esclarecer erupções de raios gama

    © NASA .
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    151

    Cientistas encontraram algo muito semelhante ao colapso massivo de estrelas dentro de um buraco negro, que envia um brilhante sinal SOS em forma de explosões de raios gama ultracintilantes como se estivessem revertendo o tempo.

    Um estudo publicado pela The Astrophysical Journal revelou que essas explosões de raios gama ocorrem em tempo reverso, significando que uma onda de luz brilhante está expelindo em um sentido e enviando novamente no sentido oposto. Além disso, os pesquisadores não sabem o que está causando esses sinais de raios gama em tempo reverso.

    "As explosões de raios gama são umas das explosões com mais energias detectadas, um brilho mais cintilante do que o Sol da Terra, além de serem as fontes mais luminosas na natureza, produzindo mais energia do que qualquer outra luz possa emitir", afirma Jon Hakkila, diretor do estudo, astrofísico e reitor do Colégio Charleston da Carolina do Sul.

    Quando duas estrelas de nêutron colidem elas enviam uma curta explosão de raios gama como se elas formassem um buraco negro. As supernovas ou explosões de estrelas produzem explosões mais longas como um colapso de estrelas mortas dentro de buracos negros.

    Cientistas também notaram que as explosões apresentavam sinais luminosos em tempo reverso, ou seja, "todas elas tinham assinaturas brilhantes que flutuavam e giravam em torno e de forma reversa no tempo", disse Hakkila. Para exemplificar melhor, imagine que você tenha que ligar três lâmpadas A, B e C, nesta sequência, e na sequência oposta (C, B e A) — desligá-las. Quando as estrelas explodem, uma grande onda de explosão pode se mover para fora através da matéria e da luz. A luz A vai acender primeiro, então a B e C. Para causar o sinal de reversão do tempo, a onda teria que voltar através das luzes em ordem reversa, complementou Hakkila.

    Com tantas teorias e estudos, ninguém está convencido que o tempo reverso seja, de fato, uma explicação sensata para as explosões de sinais de raios gama.

    Há outra hipótese, onde uma onda pode ter acertado algum tipo de superfície reflexiva, criando um efeito "espelho", refletindo a explosão de volta. Inclusive, essa é a ideia apoiada pelo professor de astrofísica de alta energia da Universidade de Nevada.

    Mais:

    'Estrelas cadentes': o novo desafio russo que viraliza nas redes sociais (FOTOS)
    Fábrica de estrelas: Nebulosa da Águia é fotografada pela NASA (FOTO)
    Tags:
    raios cósmicos, astrofísica, estrelas, cientistas, explosão, Universo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik