07:45 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Pinguins na Antártida

    Cientistas detectam sinais de aproximação de catástrofe na Antártida

    © AFP 2018/ VANDERLEI ALMEIDA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    4111

    Os cientistas estadunidenses da Universidade da Califórnia na cidade de Irvine detectaram uma grande perda de massa nas geleiras da Antártida Oriental, inclusive na geleira de Totten e ma geleira da Unidersidade de Moscou.

    Teoricamente as águas nestas geleiras bastam para aumentar o nível do mar em cinco metros, informa o portal científico Phys.org.

    Os investigadores avaliaram as mudanças na camada de gelo, analisando os dados recebidos com ajuda do satélite da NASA no âmbito da missão GRACE (Experimento de Recuperação de Gravidade e Clima). Eles juntaram as avaliações aos resultados dos modelos climáticos, que levam em conta a correlação da velocidade de acumulação de gelo com o seu derretimento, bem como bem como do monitoramento da operação IceBridge (Ponte de Gelo).

    De acordo com os cientistas, no período de abril de 2002 a setembro de 2016, ambas as geleiras perderam cerca de 18,5 bilhões de toneladas de água congelada. Isso equivale ao aumento do nível do mar em 0,7 milímetros.

    Embora a parte oriental da Antártida tenha sido considerado menos vulnerável à mudança do clima global do que outras geleiras, o aumento da concentração do calor no oceano favorece o derretimento acelerado das geleiras.

    Mais:

    Atividade vulcânica é detectada debaixo da geleira mais vulnerável da Antártida
    Empresa dos Emirados Árabes avança projeto de rebocar icebergs da Antártica
    Um dos maiores icebergs do mundo está prestes a desaparecer
    Tags:
    calor, mudança, clima, mar, geleira, gelo, Antártida
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik