06:13 15 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Asteroide se aproxima da Terra (imagem referencial)

    Astrônomos advertem: há asteroides que podem destruir um país inteiro

    CC0 / Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    323

    A Terra está rodeada por um grande número de rochas espaciais "invisíveis", capazes de destruir um país inteiro, revelam pesquisadores da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês).

    Em contrapartida, grandes asteroides podem ser facilmente detectados e por isso não representam uma ameaça para a humanidade.

    Enquanto isso, os chamados "asteroides furtivos" são os que realmente devem instigar o medo. Eles são menores e menos detectáveis, mas ainda podem destruir grandes áreas.

    Atualmente, os cientistas podem detectar apenas um a cada 100 asteroides com menos de um quilômetro de diâmetro. Segundo dados da NASA, até o momento os astrônomos conseguiram neutralizar quase 4.300 asteroides relativamente pequenos.

    Se os cálculos da ESA estiverem corretos, existem cerca de 430 mil rochas espaciais, cuja localização é desconhecida.

    "Se um asteroide de 100 metros de diâmetro atingir a Terra, causará danos consideráveis em um território comparável ao da Alemanha e seus arredores, mas os asteroides deste tipo não atingem a Terra frequentemente", afirmou o investigador da ESA, Detlef Koschny, ao jornal Space Daily.

    Rochas espaciais deste tamanho colidem com a Terra só uma vez em 10 mil anos, enquanto asteroides entre 50 e 100 metros — como o meteorito de Tunguska — geralmente atingem nosso planeta uma vez a cada mil anos. Os menores objetos, com 20 metros de comprimento, como o meteorito de Chelyabinsk, podem alcançar a Terra a cada 10 ou 100 anos.

    "Sem dúvida, veremos algo semelhante a isso durante nossa vida", concluiu o astrônomo.

    Mais:

    Detectar e destruir: NASA anuncia plano para salvar Terra de asteroides enormes
    Tudo o que quer saber sobre asteroides, mas não se atreve a perguntar
    Asteroide gigantesco se deslocando em direção à Terra pode ser visto a olho nu
    Asteroide se transforma em bola de fogo no céu e cai na África (VÍDEO)
    Tags:
    asteroide, Agência Espacial Europeia (ESA), NASA, Terra
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik