13:25 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Seção de uma estrutura de tijolo greco-romana descoberta no campo arqueológico de Sa el-Hagar, ao norte do Cairo

    Descoberta no Egito uma inusitada moeda de ouro da era greco-romana (FOTO)

    © AP Photo / Ministério egípcio de antiguidades / AP
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    170

    A peça tem o rosto do rei Ptolomeu III, ancestral de Cleópatra, que foi a última governante da dinastia ptolomaica, fundada em 305 a.C.

    Arqueólogos egípcios descobriam várias seções de uma estrutura de tijolos que poderiam ser parte de um banheiro greco-romano. Em seu interior foram encontrados vários objetos de grande valor cultural, entre os quais se destaca uma singular moeda de ouro com o rosto estampado do rei Ptolomeu III, que governou o Egito no século III a.C.

    De acordo com declaração nesta quarta-feira do Ministério das Antiguidades egípcio, a peça foi achada na área arqueológica de Sa el-Hagar, ao norte do Cairo, informaram mídias locais.

    Moeda de ouro com o rosto do rei Ptolomeu III, encontrado no campo arqueológico de Sa el-Hagar, ao norte do Cairo
    © AP Photo / Ministério egípcio de antiguidades / AP
    Moeda de ouro com o rosto do rei Ptolomeu III, encontrado no campo arqueológico de Sa el-Hagar, ao norte do Cairo

    A moeda, considerada o objeto mais valioso da escavação, tem um diâmetro de 2,6 centímetros e um peso de 28 gramas. Em um de seus lados aparece a representação de Ptolomeu III com uma coroa; do outro lado, a inscrição de seu nome junto com o chifre da abundância ou cornucópia (símbolo da produtividade da natureza na mitologia grega).

    Presume-se que a moeda foi cunhada durante o reinado de Ptolomeu IV, em memória de seu pai, antepassados de Cleópatra. A rainha foi a última governante da dinastia ptolomaica, fundada no ano de 305 a.C. por Ptolomeu I Sóter, general de Alexandre, o Grande.

    O ministério destaca que os arqueólogos conseguiram desenterrar outros artefatos na área, tais como vasos de cerâmica, estátuas de barro, ferramentas de bronze, entre outros.

    Mais:

    Cemitério aborígene mais antigo do que pirâmides egípcias foi descoberto na Austrália
    Foi descoberto novo risco mortal que pode impedir viagem humana a Marte
    Descoberta macabra no Peru revela o maior sacrifício infantil da história (FOTO)
    É encontrado navio-almirante russo, considerado irrecuperavelmente perdido (VÍDEO)
    Tags:
    arqueólogos, bronze, civilizações antigas, artefatos, achado, estátuas, dinastia, cunhagem, ferramentas, rei, moeda, ouro, descoberta, cultura, Ministério das Antiguidades do Egito, Alexandre Grand, Cairo, Egito, África
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik