19:15 16 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Stonehenge

    Um dos mistérios do Stonehenge sai à luz

    CC0 / Pixabay
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    280

    Uma parte das enormes pedras do Stonehenge pode estar lá há mais tempo do que o próprio monumento.

    De acordo com teoria anterior, todas as pedras usadas na construção foram trazidas de Marlborough Downs, a 32 km do megálito. Durante muito tempo, cientistas não conseguiam explicar por que os criadores do monumento não o ergueram no lugar onde as pedras estavam primeiramente.

    Arqueólogo britânico, Mike Pitts, apresentou uma teoria que duas pedras brutas — as pedras 96 e 16 — já se encontravam no local onde foi construído megálito famoso, informa Science Alert. A hipótese se baseia no fato que perto destas pedras não foram encontradas covas com tamanho correspondente ao das pedras.

    Além disso, se traçar uma linha reta entre elas, a linha indicará os pontos no horizonte onde Sol nasce no dia do solstício e se põe no solstício de inverno. Segundo Pitts, essa coincidência fez com que os antigos habitantes considerassem a área sagrada.

    Mais:

    Arqueólogos finalmente descobrem para que foi construído o Stonehenge
    Arqueólogos encontram ruínas de templo antigo no meio de deserto (FOTOS)
    Arqueólogos revelam luta entre ingleses e zumbis na Idade Média
    Tags:
    arqueologia, monumento, Stonehenge, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik