18:07 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau

    Ponte marítima mais longa do mundo pode suportar terremotos e tufões (FOTOS)

    © Sputnik/ Irina Gavrikova
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 180

    A construção da ponte marítima está quase finalizada. A ponte mais longa do mundo que ligará três cidades, Hong Kong, Zhuhai e Macau, será inaugurada ainda neste ano.

    Zhang Jinwen, um dois mais conceituados engenheiros na China, em entrevista concedida à Sputnik China, falou sobre o início do projeto, que começou há 18 anos, e as dificuldades que os engenheiros enfrentaram no processo construtivo de uma das estruturas mais complexas do mundo.

    A ponte começa em uma ilha artificial perto do Aeroporto Internacional de Hong Kong e se estende por 55 quilômetros a oeste na direção da segunda ilha artificial da costa leste de Macau. A seção principal da ponte é dividida em duas rodovias de três pistas.

    Engenheiro Zhang Jinwen sobre a ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau
    Engenheiro Zhang Jinwen sobre a ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau

    Os trabalhos de engenharia foram totalmente concluídos, no entanto, funcionários ainda realizam ajustes finais na estrutura antes da abertura oficial para o tráfego.

    O trabalho com o projeto começou em 1999 a partir da elaboração de um plano para a construção de uma das partes principais e mais complexas da estrutura — o túnel subaquático — que levou 7 anos para ser concluído.

    De acordo com Zhang Jinwen, desde o início a ponte foi planejada não apenas para conectar as três cidades, mas como uma estrutura monumental por sua importância arquitetônica, equivalente ao edifício de um museu. No entanto, essa comparação não é acidental. Durante a construção das ilhas artificiais e as instalações nas saídas do túnel subaquático, foi usado um concreto especial sem aditivos, igual ao que se emprega na construção de edifícios de museus e teatros. Estas ilhas são fortalecidas por 120 cilindros enormes de aço com um diâmetro de 22,5 metros e uma altura de 55 metros, o que é comparável com a altura de um edifício de 18 andares.

    Funcionários fazem ajustes finais da ponte marítima Hong Kong-Zhuhai-Macau mais longa do mundo
    Funcionários fazem ajustes finais da ponte marítima Hong Kong-Zhuhai-Macau mais longa do mundo

    "Assinamos 11 contratos com empresas estrangeiras para consultoria e manutenção da ponte. Vieram especialistas de 90 países", disse Jinwen.

    Pelo menos 20 mil engenheiros participaram da construção durante a fase mais intensa de trabalhos. Muitas vezes, técnicas novas nunca antes usadas em construções foram aplicadas na prática.

    Para não degradar a flora e a fauna do rio, evitar o bloqueio dos canais e tornar a ponte segura para o ecossistema, os arquitetos levaram em consideração as principais características hidrológicas e rotas de navegação.

    A ponte em forma de "Y" permite reduzir de três horas para trinta minutos o tempo de viagem entre Hong Kong e Zhuhai.

    Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau
    Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau

    Em agosto de 2007, a ponte passou pelo primeiro teste, quando o sul da China foi atingido pelo tufão Hato, o mais furioso desde 1953. As rajadas de ventos chegaram a 144 km/h.

    "De manhã eu corri imediatamente para o litoral para verificar. Na verdade, eu sabia que nada de grave aconteceria porque projetamos a ponte de modo a ser capaz de resistir a um terremoto de magnitude 8 e 16. Mas ainda assim foi emocionante!", disse o engenheiro.

    Mais:

    Ponte da Crimeia pode ser inaugurada 7 meses antes do previsto
    Ponte para pedestres desaba e deixa vários feridos na Flórida
    Estaleiro russo lança catamarã de última geração para transportar passageiros
    Tags:
    estrutura, ponte, construção, tufão, tecnologia, terremoto, Zhuhai, Macau, Hong Kong, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik