00:56 23 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Veículo de lançamento pesado Changzheng 5 (Longa Marcha 5) decolando a partir do Centro de Lançamento Espacial de Wenchang, na província de Hainan (imagem ilustrativa)

    China amplia com sucesso seu sistema de navegação global (FOTOS)

    © REUTERS / Stringer
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    3110

    Na sexta-feira (30), a China realizou o lançamento do foguete portador Changzheng 3B com dois satélites de navegação BeiDou-3 a bordo, que farão parte do sistema de navegação global que está sendo criado pela China.

    Segundo informa o site China Plus, os satélites foram colocados em órbita com êxito.

    Foi confirmado o lançamento bem-sucedido de dois satélites de navegação Beidou-3 para a órbita terrestre.
    Lançado às 1h56 da sexta-feira no horário local (14h56 da quinta-feira, horário de Brasília), saindo de Xichang via Longa Marcha 3b / YZ-1. Estes são 7º e 8º Beidou-3 (global) satélites; e 30º e 31º Beidou.

    Está previsto que os aparelhos vão fazer parte do sistema de navegação global BeiDou, que atualmente conta com seis satélites.

    De acordo com informações divulgadas pela China, já neste ano o país planeja começar a oferecer serviços de navegação principais aos Estados que se localizam ao longo da Rota da Seda.

    Em novembro do ano passado, a China lançou simultaneamente dois satélites Beidou-3 com o mesmo foguete portador. Em 2018, Pequim planeja colocar em órbita mais de 10 satélites. Segundo o plano, até 2020 o sistema de navegação global elaborado na China, concorrente do GPS americano e do GLONASS russo, deverá consistir de 35 satélites.

    Mais:

    Para que EUA, China e Rússia tentam dominar perigosa tecnologia para abater satélites?
    Controle onipresente: satélites da Rússia ajudarão a evitar pesca ilegal
    Pequim vai lançar 10 satélites para monitoramento do disputado Mar do Sul da China
    Coreia do Norte conclui desenvolvimento de satélites próprios
    Tags:
    lançamento, sistema de navegação global, satélites, Beidou, Glonass, GPS, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik