19:40 24 Abril 2018
Ouvir Rádio
    O bilionário Elon Musk

    Elon Musk anuncia criação de 'império mediático intergaláctico'

    © AFP 2018 / ODD ANDERSEN
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    422

    O fundador das empresas SpaceX e Tesla, Elon Musk, anunciou sua intenção de iniciar um novo negócio na área da mídia. O empresário publicou um tweet lacônico, "Thud!", tendo explicado posteriormente que se trata do nome de seu "novo império mediático intergaláctico".

    Ao comentar a publicação de Musk, um representante seu confirmou à edição Variety que o empresário não estava brincando e que Thud é de verdade o nome da empresa, não tendo, contudo, revelado mais detalhes.

    Enquanto isso, vários jornalistas indicaram que na base de dados de registro de domínios GoDabby o endereço thud.com já foi reservado. As informações sobre seus proprietários não estão disponíveis.

    Anteriormente, a edição The Daily Best comunicou que Musk tentou comprar o site de notícias falsas The Onion, e que já contratou vários colaboradores do site para os envolver em seu novo projeto secreto. 

    Em particular, na equipe de Musk estão trabalhando o ex-editor-chefe do The Onion Cole Bolton, e o editor executivo Ben Berkle. Os próprios confirmaram que vão se envolver em um novo "projeto de comédia".

    "É óbvio que a comédia é a próxima fronteira depois dos veículos eletrônicos, da exploração espacial e as interfaces cérebro-computadores. Não entendo como alguém pode ignorá-la", destacou Musk.

    Anteriormente, Elon Musk anunciou o projeto do novo ônibus elétrico subterrâneo, capaz de atingir uma velocidade de até 200 km/h. O projeto será desenvolvido por uma de suas empresas, The Boring Company. 

    Mais:

    Cientistas advertem: carro Tesla de Elon Musk pode destruir vida em Marte
    Transporte futurista: Dubai apresenta protótipo do Hyperloop de Elon Musk (FOTOS)
    Final triste: que ameaças irá carro de Elon Musk enfrentar no espaço?
    Tags:
    projeto, mídia, Elon Musk
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik