08:51 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O pôr do Sol no Ártico

    Culpa do aquecimento global: mais uma ilha surge no oceano Ártico

    © Sputnik / Aleksandr Liskin
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    281

    Um grupo de jovens russos descobriu uma nova ilha que surgiu no arquipélago de Nova Zembla (no oceano Ártico) devido ao descongelamento das geleiras.

    Segundo comunica a agência espacial russa Roscosmos, um grupo de alunos que moram nos arredores de Moscou achou uma nova ilha ao examinar as imagens tiradas dessa área através de satélites Kanopus-V, Landsat-7/8 e Sentinel-1/2.

    O comunicado revela que "os documentos necessários para registrar a nova ilha já foram transferidos para a Sociedade Geográfica Russa".

    Revela-se que a ilha surgiu em dezembro do ano passado, quando se separarou da parte frontal da geleira de Vilkitsky, localizada no oceano Ártico — seu tamanho atinge 0,19 km².

    Vale ressaltar que esta não é a primeira descoberta dos alunos russos nessa parte do oceano. Em 2016, eles também encontraram uma nova ilha no arquipélago de Nova Zembla.

    Ao mesmo tempo, a Roscosmos avisa que o surgimento de novas ilhas significa que a degradação de geleiras em Nova Zembla se acelerou.  Assim, as estimativas dos alunos apoiados pela Roscosmos revelam que de 2001 a 2015 a velocidade anual de redução da área das geleiras dobrou em comparação com o período entre 1959 e 2001.

    Mais:

    'Monstro' desconhecido de 1 olho e 8 patas é encontrado no Ártico canadense
    Água-viva muito estranha surpreende pesquisadores no Ártico (VÍDEO)
    Com fim da noite polar, NASA detecta iceberg gigante na Antártida
    Iceberg maior do que Recife se separa da Antártida (FOTO)
    Roscosmos mostra imagem detalhada do iceberg 'recém-nascido' (FOTO)
    Tags:
    glaciar, alunos, ilha, satélites, oceano, aquecimento global, Sociedade Geográfica Russa, Roscosmos, Nova Zembla, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik