19:21 18 Abril 2019
Ouvir Rádio
    O foguete Soyuz 2.1a no cosmódromo Vostochny (foto de arquivo)

    É assim que foguete russo se prepara para ir ao espaço (VÍDEOS)

    © Sputnik / Sergey Mamontov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    360

    O lançamento do foguete Soyuz 2.1a está agendado para 1º de fevereiro e a agência espacial russa Roscosmos está executando todos os preparativos necessários para sua partida do cosmódromo Vostochny. Em sua conta no YouTube, a agência espacial compartilhou vários vídeos mostrando todo o processo da montagem do foguete.

    Em 23 de janeiro, no cosmódromo foi montada a cabeça do foguete transportador. No edifício da montagem de naves espaciais, foi instalada a cabeça à qual foi adicionada a fase Fregat e, posteriormente, os satélites Kanopus-V número 3 e número 4 como parte da carga útil.

    Dois dias depois, em 25 de janeiro, a cabeça do foguete foi finalizada com a terceira etapa do Soyuz 2.1a. Nesta fase, o estágio superior Fregat e os satélites Kanopus-V 3 e 4 já estavam instalados dentro do foguete de carga.

    No dia seguinte, em 26 de janeiro, foi realizada a assembleia geral durante a qual, juntamente ao estágio superior Fregat e a dois satélites Kanopus-V, foram instalados no interior do foguete nove satélites artificiais como parte de sua carga útil.

    O foguete espacial será transferido da unidade de transporte e instalado no complexo de lançamento, a partir do qual será lançado em 1º de fevereiro. Trata-se do terceiro lançamento do cosmódromo Vostochny.

    Por outro lado, no cosmódromo de Baikonur continuam os preparativos para o lançamento da aeronave de carga Progress MC-08 usando outro Soyuz 2.1a. Seu lançamento está agendado para 11 de fevereiro.

    Mais:

    Astronauta japonês receia não caber mais no assento da nave espacial Soyuz!
    Para jornalista britânico, legendário foguete russo Soyuz 'tem menos potência que iPhone'
    Nave espacial Soyuz se acoplou com sucesso à Estação Espacial Internacional
    Tags:
    lançamento, foguete, Soyuz, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar