23:19 18 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Nuvens sobre a Antártida

    Brilhantes nuvens noturnas 'dançam' no céu da Antártida (FOTOS, VÍDEO)

    CC0 / 12019/Pixaby / Antártida
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 0 0

    Este fenômeno ocorre apenas duas vezes ao ano. Confira o que acontece quando temperaturas na Antártida caem para -135°C.

    A NASA publicou as impressionantes imagens de nuvens "noturnas" brilhantes que se movem na altitude de 80 km sobre a Antártida.

    As nuvens emitem uma neblina azul impactante quando cristais de gelo preso a minúsculas partículas de poeira de meteoritos em altas camadas da atmosfera refletem a luz do Sol.

    O fenômeno surpreendente chama-se nuvens mesosféricas polares ou nuvens noctilucentes e ocorre duas vezes por ano. Aparecem durante o verão nos hemisférios norte e sul.

    Essas nuvens se formam na altitude de 80 km sobre a superfície da Terra e, desta vez, foram observadas diretamente pela nave espacial da NASA.

    Segundo informa a NASA, o fenômeno ocorre devido à alta humidade do ar que se condensa.

    Além disso, durante estes períodos de tempo, a Antártida é o lugar mais frio da Terra, alcançando temperaturas tão baixas como —135°C, como resultado do rápido movimento de fluxo do ar. As nuvens noctilucentes são as mais altas formadas na Terra.

    Mais:

    OVNIs gostam da Terra? Nuvens brilhantes apareceram no céu de Donbass (FOTOS, VÍDEO)
    Nuvens raras na Argentina chamam atenção da ONU (FOTO)
    Cientistas: muitas nuvens podem ter origem 'extraterrestre'
    'Nuvens do Juízo Final' são oficialmente reconhecidas pelos cientistas
    Tags:
    nuvens, luz, gelo, fenômeno, frio, NASA, Sol, Antártida
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik