13:48 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    3220
    Nos siga no

    Um grupo de pesquisadores da Síria e França estudou as imagens de satélite da Síria e descobriu um antigo sistema de fortificações que aparentemente protegia cidades durante a Idade do Bronze Média. Os resultados do estudo foram publicados na revista Paléorient.

    A região onde foram encontradas as fortificações está situada a leste de Hama, no norte do país, e ocupa cerca de sete mil quilômetros quadrados. Encontra-se no Crescente Fértil, densamente povoado por habitantes e com estepes áridas cheias de nômades.

    No território estudado, os cientistas descobriram objetos bem conservados, incluindo um sistema de mais de um milhar de fortificações de basalto, construídas entre 2000 y 1550 a.C. Está é a primeira rede de fortificações desse tamanho que se encontrou nessa área, informou a assessoria de imprensa do Centro Francês de Pesquisa Científica (CNRS, na sigla em francês).

    ​A estrutura é composta por uma série de fortalezas com paredes de vários metros de largura e altura, pequenas fortalezas e torres. Cada edifício está situado de forma que todos os outros sejam visíveis. Portanto, a organização das fortificações nesse sítio significava a possibilidade de trocar sinais por meio de luz ou fumaça para transmitir rapidamente informações.

    Segundo os cientistas, a rede foi usada para observar e proteger cidades, terras e rotas de transporte.

    Tags:
    Síria, cientistas, vigilância, arqueologia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar