02:13 14 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    680
    Nos siga no

    Os homens em estado de embriaguez costumam ver as mulheres como objetos sexuais, afirmam os autores do estudo realizado por uma equipa da Universidade de Nebraska-Lincoln, EUA, publicado no portal Medical Express.

    No experimento participaram 50 homens de 20 a 30 anos de idade, que foram divididos em dois grupos. Um deles bebeu coquetéis com álcool, o outro consumiu bebidas "placebo" que não continham álcool. A todos os homens foram depois mostradas fotos de mulheres jovens vestidas para sair.

    Os participantes tinham que avaliar o nível de atração das mulheres, bem como fazer um perfil psicológico de cada uma. O movimento dos olhos dos homens ao observar as fotos era registrado por um sistema especial.

    Os cientistas revelaram que os homens após consumirem álcool prestavam mais atenção ao peito e à cintura das mulheres que apareciam nas imagens. Isso sucedia com mais frequência quando lhes mostravam fotos de mulheres qualificadas como atraentes ou menos confiantes. Ao mesmo tempo, quando se tratava das mulheres "independentes" e "espirituais", os voluntários que não haviam bebido álcool olhavam mais para o rosto.

    Os testados que haviam tomado álcool quase não olhavam para os corpos das mulheres que exprimiam confiança.

    Segundo declarou uma autora do relatório publicado no portal Medical Express, Abigail Riemer, "em um ambiente onde o álcool está presente, há muitas oportunidades para olhadas provocadoras, o que leva à desumanização das mulheres e se torna a base para consequências negativas, tais como abuso sexual ou a discriminação sexual no trabalho", notando que os estudos deste tipo podem ajudar a lutar contra tais fenômenos desagradáveis.

    Mais:

    Vida sem sexo é mesmo possível?
    Paraíso para solteiros: os países onde 'sobram' mulheres e 'faltam' homens
    Garota com marca de nascença rara inspira apreciação de beleza fora do padrão (FOTOS)
    Tags:
    embriagado, álcool, homem, mulher, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar