16:55 21 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Vista de Moscou

    O que sul-americanos podem aprender com Rússia no planejamento de cidades inteligentes?

    © Sputnik / Yevgeny Biyatov
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 20

    Soluções para uma cidade inteligente permitem lidar com o problema da vida dinâmica e complexa das cidades contemporâneas.

    Sistemas eficientes de controle de tráfego, espaços seguros e vigiados e canais de comunicação eficientes são alguns dos elementos incluídos no projeto de cidade inteligente impulsionado por Moscou.

    Por exemplo, em Moscou a implementação do sistema de cidade inteligente permitiu aumentar a capacidade de fluxo das estradas em 16%, baixar em 64% os casos de estacionamento ilegal. Agora os engarrafamentos são menos frequentes na cidade e o número de acidentes se reduziu em 12-13%, de acordo com os dados da companhia RITE, empresa da corporação Rostec, líder na área de tecnologias da informação.

    Em entrevista à Sputnik Mundo, o diretor de desenvolvimento de negócios da RITE, Oleg Arseniev, disse: "O conceito de cidade inteligente é um complexo de diferentes serviços e sistemas de informação e comunicação que ao final melhoram a gestão da cidade e a vida da população em geral."

    Por exemplo, em 2017, o Intelligent Community Forum incluiu Moscou na lista das sete cidades líderes de um total de 380 que participaram do concurso a nível mundial. As posições de liderança de Moscou estão ligadas a uma grande quantidade de soluções e produtos tecnológicos de informação e comunicação implementados nos últimos dez anos.

    Arseniev frisou que Moscou tem "um dos sistemas mais desenvolvidos do mundo". Na cidade estão instaladas 150.000 câmaras de vídeo que controlam continuamente 70% do território e 95% das entradas nos edifícios. Sistemas de reconhecimento facial e de análise do vídeo facilitam o trabalho da polícia em dez vezes.

    Esta experiência pode ser útil para as grandes cidades de todo o mundo resolverem seus problemas de segurança.

    Outra esfera de que podem beneficiar outras metrópoles é o governo eletrônico e acesso a serviços públicos através de meios digitais. Hoje em dia, 30% da população do país estão conectados ao governo eletrônico, embora tenham passado poucos anos desde a criação do sistema.

    "A RITE é produtora global das melhores soluções na esfera de altas tecnologias e consideramos que nossa missão é sua exportação, em especial para a América Latina."

    Hoje em dia, os governos são os principais clientes no âmbito das tecnologias de informação e comunicação. Isso cria uma oportunidade de negócio, mas as soluções de governo eletrônico e cibersegurança também "estimulam o desenvolvimento da economia local de cada país, melhoram o ambiente comercial e também formam um ambiente eficiente e frutífero para o crescimento do comércio no país".

    Por exemplo, os sistemas de fluxo de documentos eletrônicos e o portal de serviços públicos permitem às empresas reduzir o tempo e gastos financeiros para preparar os diferentes relatórios financeiros e realizar o pagamento de impostos.

    Oleg Arseniev, diretor da RITE, companhia de altas tecnologias que faz parte da corporação Rostec
    © Sputnik / Juan Mazzoni
    Oleg Arseniev, diretor da RITE, companhia de altas tecnologias que faz parte da corporação Rostec

    Quanto à esfera de cibersegurança e soberania digital, no ranking da União Internacional das Telecomunicações a Rússia ocupa o 10º lugar.

    O diretor da RITE explicou que "as soluções russas na esfera de cibersegurança são muito populares e muitas companhias e países estão interessados nelas, pois o país tem uma experiência grande na criação e implementação de um ambiente protegido".

    Mais:

    EUA admitem possibilidade de guerra de altas tecnologias com China e Rússia
    Não é apenas petróleo e gás: empresa russa conquista mercados internacionais de robótica
    Moscou ajuda América Latina na luta contra tráfico de drogas
    Tags:
    reconhecimento facial, engarrafamento, cidades inteligentes, tecnologia da informação, governo eletrônico, sistema, comunicação, experiência
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar