15:47 14 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Homem tira fotografia do quebra-gelo chinês Xuelong (Dragão de Neve)

    Igualando-se aos EUA: China construirá 5ª estação antártica até 2022

    © AFP 2019 / STR
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 72
    Nos siga no

    A nova construção chinesa se trata da quinta base no Polo Sul, que igualará o gigante asiático aos EUA no que diz respeito à presença no continente.

    Para aumentar sua esfera no Polo Sul, Pequim direcionou seu quebra-gelo Xuelong (Dragão de neve) para a Antártida com materiais de construção, que serão usados para erigir sua quinta estação de investigação científica no continente.

    Na quarta-feira (8), o navio saiu do porto de Shanghai. Dentro de 18 dias deve chegar à Nova Zelândia para reabastecimento e, em seguida, partirá para a Ilha Inexpressível, no mar de Ross na baía Terra Nova. O Xuelong está transportando 550 toneladas de material para o local onde sua tripulação de 334 pessoas iniciará a construir a nova base.

    "Desta vez, construiremos uma base temporal de 206 metros quadrados, que incluirá habitações para trabalhadores e um cais para grandes máquinas de engenheira para facilitar futuros trabalhos de construção", explicou um dos líderes da expedição, Zhang Tijun, à Asian News Network (ANN).

    Espera-se que a construção da estação na zona com grande biodiversidade — algo que a faz especialmente valiosa — seja concluída até 2022.

    Além do mais, o codiretor do Instituto de Investigação Polar da China, Sun Bo, assegura que a construção corresponde a todos os critérios internacionais de proteção ambiental.

    As cinco estações estadunidenses, dentre elas — três permanentes, atualmente contam com equipamento antigo, sendo que o programa antártico norte-americano enfrenta restrições financeiras. China, por sua vez, segue com suas ambições de ser a potência "polar", investindo dinheiro na construção de estações, aviões e navios capazes de operar nas condições severas da região.

    Mais:

    Com fim da noite polar, NASA detecta iceberg gigante na Antártida
    Entrevista: China pode reconstruir estação brasileira na Antártida
    Turquia planeja construir uma estação de pesquisa na Antártida
    Começam as obras de reconstrução de estação brasileira na Antártida
    Brasil lança pedra fundamental da nova Estação de Pesquisas na Antártida
    Por que China constrói quebra-gelo polar?
    Tags:
    meio-ambiente, estação de pesquisa, investigação científica, presença, condições, base científica, quebra-gelo, construção, Pequim, Antártida, China, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar