16:37 14 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Apresentação do novo iPhone X da Apple em 12 de setembro de 2017

    Como um vídeo inocente causou um dos maiores vazamentos da Apple (e uma demissão)

    © AFP 2019 / Josh Edelson
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 50
    Nos siga no

    Um vazamento de produto por uma adolescente resultou na demissão do pai dela da Apple. Brooke Amelia Peterson publicou um vídeo do ainda inédito iPhone X que viralizou e causou um colapso no Twitter, com usuários de redes sociais discutiram a situação escandalosa.

    Em um vlog publicado no início desta semana, Peterson fez um passeio pelo campus da Apple para visitar seu pai e ver um iPhone X.

    No vídeo, vê-se que, enquanto eles jantam na cafeteria da empresa, o pai de Peterson lhe entrega seu iPhone X para testar. Nos próximos 45 segundos, Peterson mostra várias telas no novo telefone e demonstra sua câmera.

    O vídeo foi descoberto por vários blogs especializados em produtos da Apple e viralizou. O blog 9to5Mac o chamou de "provavelmente nossa melhor prévia do dispositivo em ação até agora", informou a Recode.

    Nas gravações é possível ver um aplicativo de códigos e notas QR exclusivo do empregado. Nomes de código de produtos Apple inéditos também podem ter vazado. No entanto, a filmagem é proibida no Campus da Apple. As regras, obviamente, também se aplicam a filmar um iPhone X.

    O pai do blogger perdeu seu emprego na Apple, já que a empresa tem tolerância zero para vazamentos de produtos. A decisão da Apple resultou em uma tempestade do Twitter. Alguns usuários de redes sociais opinaram que a decisão da Apple de demitir o pai da menina era um pouco dura demais.

    ​A mina fez um hands on do iPhone X dentro do campus da apple, e o pai que é engenheiro foi demitido. Apple alegando vazamento.

    ​Em um vídeo subsequente publicado no YouTube no sábado, Peterson ofereceu uma explicação sobre o que aconteceu e diz que seu pai "pede desculpas" e "assume total responsabilidade pela regra que ele quebrou".

    A garota disse que fez o vídeo original "por diversão porque adora fazer vídeos do YouTube" e que ela não tinha ideia de que estava quebrando as regras da Apple.

    Tags:
    iPhone X, Campus da Apple, Recode, 9to5Mac, Twitter, YouTube, Apple, Brooke Amelia Peterson, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar