10:43 15 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Avião com o sistema de Vídeo Abertura Sintética de Radar (ViSAR, sigla em inglês), com seu sensor de Frequência Extremamente Alta, que é capaz de captar imagens ao vivo dos alvos no céu, inclusive voando através ou por cima das nuvens

    EUA apresentam radar capaz de filmar em alta resolução através de nuvens e fumaça

    © Foto / DARPA
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    623
    Nos siga no

    O aparelho, que está na fase de testes, pode fornecer informação detalhada do terreno aos pilotos.

    A Agência de Projetos Avançados de Investigação de Defesa (DARPA, sigla em inglês) dos EUA apresentou o novo radar com que em breve poderá equipar os aviões de combate e que é capaz de captar imagens em alta resolução independentemente das condições meteorológicas em quais se encontra.

    Até agora, os aviões contam com sistemas electro-ópticos (EO) e infravermelhos (IR), que em algumas situações têm falências, pois, segundo Bruce Wallace, diretor do programa do Escritório de Tecnologia Estratégica da DARPA, "ficaram em branco cada vez que uma nuvem obscurecia a visão", informa o jornal Daily Mail.

    No entanto, o desenvolvimento do sistema de Vídeo Abertura Sintética de Radar (ViSAR, sigla em inglês), com seu sensor de Frequência Extremamente Alta, poderá resolver essas desvantagens ao "captar imagens ao vivo dos alvos no céu, inclusive voando através ou por cima das nuvens", o que representa um avanço importante.

    Para realizar os testes de captura de imagens de alta definição foi utilizado um avião DC-3 que voou a altitudes baixas e médias. Assim, foram comparados os sistemas ViSAR, EO e IR. O experimento provou que o novo aparelho é capaz de manter a velocidade dos fotogramas e de captar objetos móveis em terra.

    Os próximos passos

    De acordo com Wallace, o próximo passo será colocar o radar em um avião com sistema de gestão de combate completo e "aperfeiçoar o 'software' de visualização do sensor ViSAR para oferecer aos operadores uma representação" semelhante àquela que "costumam ver".

    Além disso, ele destacou que eles buscam que a "interface visual seja tão fácil de interpretar" como as telas dos sensores atuais.

    Mais:

    Radar dos EUA impede noruegueses de assistir à TV
    'Radar dos EUA na República Tcheca significaria continuar escalando relações com a Rússia'
    Rússia criará campo contínuo de radar contra mísseis até 2018
    Com novo radar de defesa antiaérea, Moscou se torna cidade inconquistável
    Inovador radar quântico chinês pode tornar os caças F-35 e F-22 obsoletos
    Tags:
    informação, dados, pilotos, fumo, nuvens, avião, sensor, radar, DARPA, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar