09:54 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Urso polar no Ártico

    Saiba por que a fauna da Noruega está em perigo

    © AP Photo / Subhankar Banerjee, File
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 32

    O majestoso, mas vulnerável urso polar, um símbolo icônico da vida selvagem do Ártico, permanece o foco permanente de atenção dos ambientalistas. No arquipélago norueguês de Svalbard, foi revelado que o próprio urso polar representa uma ameaça à população local de animais.

    Tipicamente carnívoros, os ursos polares se tornaram o maior problema para as aves marinhas de Svalbard, apanhando seus ovos. Em algumas áreas do arquipélago do Ártico, quase todos os ovos de êideres e gansos foram comidos pelos ursos polares, comunica o jornal diário norueguês Aftenposten. Com machos pesando até 700 quilos, 40 ovos por dia não é uma dieta incomum para um urso faminto.

    "Isso faz muita pressão sobre os estoques de êideres e gansos nas áreas de habitação de ursos polares. Nós também vemos mais mandriões e gaivotas-hiperbóreas, que também são ávidos comedores de ovos", disse ao jornal o cientista sênior e biólogo do Instituto Norueguês de Investigação Polar, Geir Wing Gabrielsen.

    Há 35 anos que Gabrielsen estuda as aves marinhas no ambiente de Ny-Alesund, e para ele, as mudanças são notáveis.

    ​Anteriormente, os ursos polares em terra eram um fenômeno incomum para essas áreas. Hoje em dia, pelo menos seis animais estão devastando o litoral enquanto os êideres e gansos nidificam.

    Antes, observar ursos polares em terra não era uma ocorrência comum. Atualmente, seis animais se encontram aí, enquanto os êideres e gansos estão cercados. Segudo Gabrielsen, as mudanças nos hábitos alimentares dos ursos polares estão ligadas ao aumento das temperaturas e à fusão do gelo no Ártico.

    ​Nos últimos anos, o gelo marinho se tem reduzido, e os ursos polares que não são capazes de se mover o suficiente para norte têm que recorrer a uma dieta modificada, ao contrário da sua dieta normal que consiste principalmente de focas. Ursos polares comendo ovos foram observados pela primeira vez em 2004. Em algumas áreas, os ursos polares estavam claramente amarelos ao redor do focinho por causa de todas as gemas de ovos que haviam consumido. Hoje, ursos polares escalando penhascos com ninhos de pássaros, em busca de ovos e filhotes, são vistos em muitas partes do Ártico.

    Mais:

    Enquanto isso no Canadá: homem tenta conter ataque de urso com arco e flecha
    Surpresa da mãe natureza: enorme iceberg impressiona turistas
    Tags:
    problemas ambientais, gelo, urso, Svalbard, Noruega, Ártico
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar