00:54 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Stonehenge

    Arqueólogos finalmente descobrem para que foi construído o Stonehenge

    © AP Photo/ Alastair Grant
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    1417679172

    Segundo os arqueólogos britânicos, a popular teoria sobre o Stonehenge ser usado para fazer cerimônias de homenagem ao Sol, está errada.

    Segundo o jornal The Telegraph, os arqueólogos exploraram megálitos na Cornualha e em Stonehenge e descobriram algumas inscrições e pinturas nas pedras que podem ser vistas apenas ao luar. Anteriormente, os cientistas acreditavam que as instalações de Stonehenge foram construídas em conformidade com o movimento do Sol. Por exemplo, as cavernas do monumento Bryn Celli Ddu (País de Gales) são iluminadas plenamente apenas no dia 22 de junho, no solstício de verão. Os megálitos Avebury, no condado de Wiltshire, têm a mesma construção. Todas as instalações desse tipo no Reino Unido existem há pelo menos 5 mil anos.

    "Acho que as inscrições encontradas indicam que as instalações foram usadas apenas à luz do luar. Nós vimos cada vez mais obras de arte desse período ao luar", disse o professor Andy Jones da sessão de arqueologia da Cornualha.

    "O Stonehenge tem as mesmas inscrições. Em minha opinião, muitas pessoas terão que as observar em diferentes alturas do dia ou da noite", acrescentou ele.

    Os cientistas encontraram 105 desenhos desse tipo. Eles foram feitos usando quartzo, que reflete bem o luar. Mais do que isso, foram encontrados fragmentos de totens rituais feitos de quartzo. Segundo os arqueólogos, a sua destruição era parte integrante dos rituais.

    Mais:

    Ufólogos detectam atividade extraterrestre nas câmeras da NASA (VÍDEO)
    Arqueólogos japoneses encontram tumba egípcia de 3.000 anos por acaso (FOTOS)
    Geólogos e arqueólogos determinam idade correta da civilização mais antiga do mundo
    Tags:
    ritual, arte, arqueologia, descoberta, cientistas, Reino Unido
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik