18:14 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    0 61
    Nos siga no

    Um bloco de gelo de tamanho enorme parece estar quase a se desprender da barreira Larsen C na Antártida, ao sul do continente americano, informa a Agência Espacial Europeia (ESA).

    As mudanças nas camadas de geleiros foram detectadas com um satélite da missão Crysoat da ESA.

    O iceberg que se poderá formar terá uma superfície de 6.000 km2. A rachadura de 200 km de comprimento foi detectada no fim do ano de 2016. Se o desprendimento acontecer, isso resultaria no aparecimento de um iceberg com 190 metros de altura e 1.155 quilômetros cúbicos de gelo que poderá representar perigo para a navegação marítima, adverte a ESA.

    "Ainda não estamos seguros do que vai acontecer em relação a este iceberg. Podem se desprender vários blocos e se dividirem pouco depois de se soltarem. Seja inteiro ou em fragmentos, as correntes oceânicas podem arrastá-lo para norte, chegando até às ilhas Malvinas. Assim, poderia colocar em risco a passagem dos navios pela Passagem de Drake", explica a pesquisadora Anna Hogg, da Universidade de Leeds.

    Ainda não estão claras as causas deste fenômeno: pode ser um resultado das mudanças climáticas, inclusive do aquecimento global, ou, como destacam os cientistas, pode se tratar de um processo normal que passa nos geleiros da Antártida.

    Mais:

    Surpresa da mãe natureza: enorme iceberg impressiona turistas
    Desmoronamento continental: Iceberg do tamanho de Manhattan se separa da Antártida
    Tags:
    iceberg, aquecimento global, Agência Espacial Europeia (ESA), Antártida
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar