18:31 18 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Drone

    7 inéditas fantasias de ficção científica que acabaram se tornando realidade

    © Sputnik/ Ilia Pitalev
    Ciência e tecnologia
    URL curta
    160

    Embora seja bem conhecido que os autores de ficção científica costumam se basear nos êxitos atuais para predizerem o desenvolvimento de tecnologias, em certos casos os prognósticos foram tão antecipados que chegavam a parecer inspiração divina.

    Conheça alguns destes casos na lista compilada pelo portal russo Popmech.

    1. Satélites

    Arthur Clarke, o autor de "2001 — Uma Odisseia no Espaço", previu o aparecimento de satélites espaciais para comunicação global, inclusive a ideia do uso da orbita geoestacionária para a instalação de satélites tripulados.

    O escritor fê-lo em 1945, doze anos antes de o satélite mais básico, o soviético Sputnik-1, ter entrado em órbita.

    A previsão seguinte de Clarke seria realizar missões regulares à Lua, também descritas nas suas novelas.

    2. Celulares

    Os telefones móveis como objetos tecnológicos não foram inventados por roteiristas da famosa série Star Trek, mas os primeiros comunicadores portáteis apareceram nos episódios desde 1966.

    O primeiro protótipo do celular foi apresentado pela empresa Motorola em 1973, enquanto o primeiro dispositivo comercial deste tipo em forma de uma válvula, inspirado pelo mesmo filme Star Trek, só foi lançado em 1996.

    3. Drones

    Embora a primeira tentativa de construir um barco de combate controlado por rádio se atribua ao inventor Nikola Tesla, foi Orson Scott Card quem descreveu em detalhe uma guerra não tripulada na sua novela "O Jogo do Exterminador" (1985).

    4. Laser

    Os lasers são um elemento constante em todos os livros de ficção científica desde 1920. Não obstante, na época se conheciam como "desintegradores" e "infrarraios".

    Hoje em dia, estes se usam amplamente não só na indústria militar, mas também na cirurgia, nas comunicações e nos sistemas de segurança.

    O próprio termo "laser" foi formalmente introduzido em 1959, enquanto os primeiros protótipos datam dos anos quarenta e cinquenta.

    5. Engenharia genética

    A engenharia genética foi pela primeira vez descrita na novela "Admirável Mundo Novo" do escritor britânico Aldous Huxley (1932). Neste livro, as pessoas são cultivadas e separadas, antes de nascerem, em várias castas geneticamente programadas.

    A obra de Huxley foi publicada 21 anos antes do descobrimento formal do DNA em 1953. Agora, a manipulação genética ganha cada vez mais terreno, desde corrigir genes até curar doenças hereditárias.

    6. Vigilância maciça

    Na novela "1984" de George Orwell, escrita em 1949, todos os cidadãos são sempre vigiados pelo Grande Irmão através de câmeras de segurança instaladas por toda a parte.

    Hoje em dia, quase qualquer movimento nas grandes cidades também é vigiado através de câmeras de monitoramento, às vezes integradas com algoritmos de reconhecimento de rostos.

    7. Smart Home

    O escritor americano Ray Bradbury descreveu no seu livro "Crónicas marcianas" (1950) uma casa robotizada que segue limpando e cozinhando, inclusive quando os proprietários estão fora de casa.

    Embora as casas inteligentes modernas continuem carecendo de tais funções, se limitando a um amplo controle de microclima, os aspiradores robóticos são uma coisa bastante corrente e os robôs "chef" já se estão provando em várias partes do mundo.

    Mais:

    Grande inundação: que esperar do aquecimento global?
    Cientistas criam maior simulação do nascimento do Universo (FOTO)
    Que aspecto terão os seres humanos daqui a mil anos? (VÍDEO)
    Tags:
    invento, ficção científica, Ciência e Tecnologia, Espaço, Lua, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik